Cozinha Internacional

Gnocchi (Itália)

gnocchi

O  gnocchi, também designado no Brasil nhoque ou inhoque, é um prato tradicional italiano, amplamente difundido em todo o mundo.
Trata-se de um acompanhamento de um prato principal, preparado à base de batata ou farinha de trigo.
A receita é muito antiga e teve origem no norte de Itália, tendo sido difundida pelos romanos durante o império. No início, era feito à base de água e semolina, Somente por volta de 1700 é que a batata foi introduzida e talvez tenha sido ela a responsável pela popularização do prato. Mais tarde, foram introduzidas novas versões, preparadas com abóbora, espinafre e mandioca.
A cozedura do gnocchi é rápida e, embora o prato seja feito com ingredientes simples, a receita tem alguns segredos para ficar no ponto. Precisará sobretudo de prática e paciência para aperfeiçoar a técnica e perceber qual a quantidade de farinha necessária para que a massa dos gnocchi fique leve e fofa. Além da quantidade de farinha, é importante cozinhá-los em água bem quente, e fazê-lo pouco antes de servir, para assegurar que os gnocchi não secam demasiado e mantêm a sua leveza característica.

Ingredientes:

Churrasco Gaúcho

churrasco gaúcho

Churrasco é o termo usado em português e espanhol para designar um pedaço de carne assada na brasa. Tem uma forte ligação ao Brasil, sobretudo à região sul, por ser tradicionalmente uma área com grandes explorações de animais e consumo de carne. Foi na região do pampa – uma vasta região de pastagem natural que integra o estado do Rio Grande do Sul, no Brasil – que os vaqueiros, conhecidos como gaúchos, difundiram e deram fama a este prato tradicional. Foram, aliás, estes vaqueiros que, com o seu papel preponderante naquela região do país, deram origem à denominação de gaúcho a tudo o que provém ou é característico do estado do Rio Grande do Sul (como é o caso da culinária e da própria receita de churrasco aqui apresentada).

Tradicionalmente, a carne usada é a bovina, mas também são muito apreciadas as carnes de porco, de ovelha ou frango. Em termos de tempero, as carnes  bovina e ovina levam somente sal grosso, pois quaisquer outros condimentos lhes alteram o sabor natural; as carnes de frango e porco, por sua vez, já precisam de um tempero de véspera. No que se refere aos acompanhamentos, o churrasco gaúcho pode ser servido com linguiça, salsicha ou coração, assim como de uma farofa ou pão com alho.

Sopa de Mandioca

sopa de mandioca

Esta sopa é feita à base de mandioca, um ingrediente tradicionalmente usado na cozinha brasileira.
A receita é simples de preparar e faz uma sopa nutritiva e muito saborosa, ótima para saborear nos dias frios de inverno.
A mandioca é um alimento energético, não contém proteínas nem gorduras, mas é rica em vitaminas do complexo B e minerais – como cálcio, fósforo e ferro, que  participam da formação dos ossos, dentes e sangue. Conforme o tipo, a polpa da mandioca pode ter cor branca ou amarelada.

Ingredientes:

Lombo à Califórnia (Brasil)

lombo à Califórnia

O lombo à Califórnia é uma receita tradicional da cozinha brasileira, geralmente servida na ceia de Natal. É um prato de carne com uma aparência muito bonita e colorida, em que as diversas frutas usadas na receita tornam o lombo mais apelativo e menos enjoativo.

A receita é simples de confecionar e o resultado é uma receita surpreendentemente saborosa e única, ideal para a época de Natal. Experimente e comprove!…

Arroz de Carreteiro (Rio Grande do Sul)

arroz de carreteiro

Originário do Rio Grande do Sul, o arroz de carreteiro, comummente conhecido por arroz carreteiro ou simplesmente carreteiro, é uma opção fácil para preparar uma refeição deliciosa, típica da cozinha brasileira.

A receita surgiu com os carreteiros (transportadores de cargas), que atravessavam o sul do Brasil em carretas puxadas por bois e, no decorrer das suas viagens, preparavam o arroz com um guisado de charque, que viria a dar origem a esta receita tradicional, um dos mais afamados pratos da cozinha gaúcha – tradicional do Rio Grande do Sul. No entanto, atualmente a receita é preparada com carne moída ou sobras de churrasco, que se cozinha juntamente com o arroz. A realidade dos carreteiros ficou marcada sobretudo no nome da receita. Com o tempo, o arroz de carreteiro foi sendo introduzido na  cozinha brasileira e, hoje em dia, é um prato tradicional, comum em todo o país.