Refeições

Bacalhau à Lagareiro

Bacalhau à Lagareiro

Este é um dos pratos de bacalhau mais conhecidos da cozinha tradicional portuguesa. A receita teve origem nas Beiras, onde era preparada em fornos dos lagares de azeite, quando se moía a azeitona e fazia azeite novo, no final de outubro. É daí que advém o seu nome.

Trata-se de uma receita em que o lombo de bacalhau é assado com cebolas e batatas, todos eles generosamnete regados com azeite. Nos primeiros tempos de confeção da receita, quando ainda era preparada nos lagares, as batatas e as cebolas eram espetadas num arame, ainda com casca, e penduradas no forno, onde também se assava o bacalhau. Quando saíam do forno, juntava-se alho cru e regava-se com bastante azeite, acabado de tirar do lagar.

Carne de Panela (Brasil)

carne de panela

Esta receita de carne é típica da cozinha brasileira, sendo muito saborosa e apreciada pelas donas de casa por ser um prato simples de confecionar. É uma receita que dá para variar de acordo com a preferência ou os ingredientes disponíveis na despensa. Tradicionalmente, a carne é servida com arroz branco ou puré (de batatas ou de mandioca), mas também pode ser desfiada e servida com uma salada. Pode ainda ser saboreada no pão, fatiada.

Não se conhece ao certo a origem desta receita tradicional, mas sabe-se que este tipo de cozinhado é feito desde que surgiram as panelas para a cozedura das carnes. O tempo de cozedura depende do tipo de carne e corte da mesma, mas com a utilização da panela de pressão é muito mais rápido e, por isso, este é o utensílio de eleição na preparação da receita. Ao longo dos anos, e atendendo também às tradições locais, foram sendo introduzidos ingredientes que deixam o cozido ainda mais saboroso.

Sopa de Peixe – Halászlé (Hungria)

Sopa de Peixe - Halászlé (Hungria)

Halászlé é uma sopa picante de peixe com paprica, tomate, pimento e cebola. Tradicionalmente, a sopa é feita em caldeirões grandes, ao ar livre. Esta sopa de peixe é um dos pratos tradicionais que constam na ementa da ceia de Natal.

A Hungria é um país com uma grande riqueza gastronómica, contando com pratos condimentados e deliciosos que, de modo geral, são saborosos, saudáveis e nutritivos. As sopas, de carne ou de peixe, são muito apreciadas e de sabor intenso, sendo o Halászlé (a par do Goulash e do Jokai Bableves) uma das mais apreciadas da cozinha tradicional húngara.

Chester Recheado (Brasil)

chester recheado

O chester recheado é uma receita de Natal muito popular no Brasil. Se pretende presentear os seus familiares com uma receita tradicional, deliciosa e com um toque de requinte, veja como confecionar este prato, ideal para a ceia de Natal.

O chester é adquirido em embalagens, já temperado e pronto a confecionar. Por isso, a receita é simples de confecionar, tendo necessidade de preparar basicamente o recheio e preparar uma mistura prática para intensificar o sabor da carne e os temperos já adicionados. Geralmente a embalagem indica o tempo aproximado em que a ave deve estar no forno, cerca de 40 minutos.

Muxama de Atum com Amêndoas do Algarve

muxama de atum

Há quem chame presunto do mar a esta iguaria tradicional do Algarve, mais concretamente da região de Vila Real de Sto. António, que consiste em lombos de atum salgados e secos. A técnica para obter a muxama foi desenvolvida pelos povos mediterrânicos, há mais de 2000 anos, que usavam os melhores lombos do atum para depois os salgarem e secarem ao sol. Após 10 ou 12 dias de salga e secagem, dependendo da grossura, a muxama está pronta a comer, fatiada finamente, como entrada, petisco ou em saladas.

Ingredientes: