Arquivos de Etiquetas: receita sopas

Água de Unto (Minho)

água de unto

Esta é uma das receitas de sopas mais populares do Minho, tradicionalmente comida, no dia a dia, pelas pessoas que trabalham no campo. É uma sopa consistente e, por isso, durante a guerra, quando escasseava o açúcar, comia-se Água de Unto ao pequeno-almoço para retemperar as energias e enfrentar um novo dia de trabalho no campo.

Ingredientes:

Sopa de Mandioca

sopa de mandioca

Esta sopa é feita à base de mandioca, um ingrediente tradicionalmente usado na cozinha brasileira.
A receita é simples de preparar e faz uma sopa nutritiva e muito saborosa, ótima para saborear nos dias frios de inverno.
A mandioca é um alimento energético, não contém proteínas nem gorduras, mas é rica em vitaminas do complexo B e minerais – como cálcio, fósforo e ferro, que  participam da formação dos ossos, dentes e sangue. Conforme o tipo, a polpa da mandioca pode ter cor branca ou amarelada.

Ingredientes:

Sopa Seca do Cozido à Portuguesa (Minho)

sopa seca do cozido à porttuguesa

Esta sopa, oriunda da região do Minho, é feita com o aproveitamento das sobras do Cozido à Portuguesa, sendo uma variante da tradicional sopa caldosa do cozido. Por todo o país as há, com pequenas alterações no modo de confeção ou na junção de ingredientes, mas no essencial são todas elas muito idênticas à sopa minhota.
Caso não tenham sobrado do cozido quantidades suficientes dos ingredientes necessários para a sopa, poderá preparar ingredientes de modo a perfazer as quantidades indicadas ou então adaptá-las, fazendo uma sopa mais pequena.

Ingredientes:

Sopa de Cozido à Portuguesa

sopa do cozido à portuguesa

Depois de preparar um Cozido à Portuguesa, tradicionalmente prepara-se uma sopa aromática, rica e muito saborosa a partir do caldo das carnes. Os ingredientes da sopa variam de região para região. Ao caldo de carne, pode ser adicionado pão, arroz ou massa, feijão e a característica hortelã, que está sempre presente nesta sopa.

Ingredientes:

Sopa de Casamento (Miranda do Corvo)

sopa de casamento (Miranda do Corvo)

Esta sopa é feita no concelho de Miranda do Corvo, com o aproveitamento do saboroso molho da chanfana, muito rico em gordura e nos vestígios de carne.  Tal como a chanfana, é cozinhada numa caçoila de barro, indo ao forno apurar.
A história desta sopa tradicional da cozinha de Miranda do Corvo prende-se com a do prato que lhe deu origem, tendo sido criada no decorrer das invasões francesas, época marcada pela escassez de recursos e que exigia que se fizesse um aproveitamento criterioso dos ingredientes. Até há algumas décadas atrás, a carne comia-se apenas em épocas especiais – festas e casamentos – e os legumes provenientes das hortas, assim como o pão, maioritariamente caseiro, eram os alimentos mais consumidos pelos portugueses. Assim, não se poderia desperdiçar quaisquer sobras de um prato de carne e, comida a Chanfana, fazia-se (como ainda se faz) a deliciosa Sopa de Casamento com o seu molho.
Manda a tradição que os noivos ofereçam o almoço aos convidados no dia seguinte ao casamento. Na época, como já não havia carne suficiente, fazia-se a sopa que se enfeitava com os pedaços de carne ainda disponíveis.

Ingredientes: