Tag Archives: salsa

Peru Recheado à moda do Alentejo

peru recheado

O Alentejo é uma região repleta de tradições e a riquíssima cozinha alentejana, considerada uma das mais marcantes de Portugal, é uma autêntica arte de sabores e aromas. Durante muitos séculos foram criadas e confecionadas receitas com base em produtos  regionais, tendo sido transmitidas ao longo de várias gerações. Estas receitas tradicionais chegam até nós, mais do que um legado gastronómico, como um verdadeiro testemunho cultural da vida e costumes do Alentejo.

O peru recheado é presença habitual na mesa de Natal, época em que, tradicionalmente, se preparam pratos mais elaborados. Nesta receita, o peru é duplamente recheado, dando origem a um prato vistoso e farto, com ingredientes típicos do Alentejo, que dão um toque especial à ceia de Natal. O peito é recheado com ingredientes como carne de porco e vaca, e a barriga com uma mistura de batata, azeitona e especiarias, não precisando o prato de ser servido com outro acompanhamento senão uma salada ou legumes cozidos.

Arroz de Lapas (Madeira)

arroz de lapas

A lapa é um molusco muito popular entre os ilhéus da Madeira, sendo servida à mesa como entrada de pratos de peixe ou apenas como petisco, a acompanhar vinho branco, verde ou mesmo cerveja. O arroz de lapas é um prato típico madeirense, muito apreciado pelos locais, mas sobretudo pelos turistas que o divulgam mundialmente.

Ingredientes:

Pastéis de Bacalhau

pastéis de bacalhau

Esta especialidade da cozinha tradicional portuguesa é conhecida por pastéis de bacalhau, nas regiões centro e sul de Portugal, e por bolinhos de bacalhau, no norte do país. A primeira receita oficial data de 1904.

Estes pastéis podem ser servidos como entrada ou como acompanhamento de arroz de tomate ou salada de feijão-frade; são ainda muito populares como petisco em adegas e tavernas típicas em Portugal e em países lusófonos, como Angola e Brasil. Em várias regiões do país, são tradicionalmente servidos nas celebrações natalícias. São também comummente feitos como aproveitamento das sobras do bacalhau e batatas do Natal, à semelhança da Roupa Velha, podendo ser congelados e aproveitados em várias ocasiões, nomeadamente no Ano Novo.

Lampreia à Bordalesa (Minho)

lampreia à bordalesa

Vendida a preços elevados, a lampreia é tida como uma iguaria requintada. Apesar dos problemas de poluição, as lampreias ainda vêm desovar nos rios de Portugal, particularmente no Minho, no Douro e no Tejo, apesar das acentuadas migrações desta espécie dwe peixe atualmnete em declínio. Fevereiro, março e abril são conhecidos como os meses da lampreia, que vem para os nossos rios a partir de dezembro.

A lampreia à bordalesa, a par do arroz de lampreia, é um dos pratos de eleição em que este peixe é o ingrediente principal. Esta receita em concreto, consiste num guisado, sendo a lampreia acompanhada também de arroz. A receita teve origem em França, na região de Bordéus – daí a designação bordalesa. Em Portugal, a receita sofreu alterações, tendo sido os alhos franceses substituídos por uma maior quantidade de cebolas, e o vinho de Bordéus por vinho da região.

Bacalhau à Margarida da Praça (Viana do Castelo)

Bacalhau-à-Margarida-da-Praça

Este prato consiste em lombos de bacalhau assados, acompanhados de batata cozida e uma cebolada generosamente regada de azeite.

É um prato tradicional de Viana do Castelo e servido em muitos restaurantes daquela cidade.

Ingredientes: