Daily Archives: Junho 24, 2015

Capão Recheado

capão recheado

Capão é um frango castrado em pequeno, por volta dos 2 meses de vida, sendo depois alimentado à base de milho e consumido entre 7 a 8 meses depois, o que favorece o aumento da gordura, ficando a carne macia e delicada. As potencialidades deste tipo de carne foram descobertas, por mero acaso, pelos Romanos da Antiguidade. Pelo que se sabe, um Cônsul romano da época, Caio, gostava de dormir e irritava-o particularmente o cantar dos galos, que o acordava de madrugada. Por isso, fez o senado aprovar uma lei que bania estas aves de Roma. Para poderem continuar a sua atividade, os criadores descobriram uma forma de contornar a lei, castrando os galos – desta forma, eles pararam de cantar e de se interessar pelas fêmeas. Estas aves passaram, então a comer mais do que o habitual e a engordar consideralvelmente. Ao serem abatidos para consumo, rapidamente se constatou que o sabor e textura da carne eram diferentes e muito melhores. Os romanos descobriram ainda que quanto mais cedo fosse feita a castração, melhor seria a carne. O consumo do frango capão foi-se, então, propagando, ficando o consumo desta carne associado a ocasiões festivas – tradição que ainda hoje se mantém em algumas regiões de Portugal e da Itália, em quase toda a Espanha.

O capão recheado é um prato tradicional muito apreciado no Natal, em várias regiões de Portugal, sendo uma ótima alternativa ao peru. Este prato é geralmente acompanhado de batatas em cubos, assadas no molho dom capão, ou puré de batata.