Tag Archives: aproveitamento

Roupa Velha de Bacalhau (Minho)

roupa velha de bacalhau

Roupa velha é um prato típico do Minho, feito com as sobras do bacalhau da consoada, que se come tradicionalmente no almoço do dia 25 de dezembro. Sendo uma receita de aproveitamento, este prato começou por estar associado às famílias mais pobres, em que era o almoço servido no dia de Natal. Mas esse conceito perdeu-se e, atualmente, em casa de muitas famílias portuguesas (em Portugal e no estrangeiro), é tradição comer roupa velha antes de servir o prato de carne – peru ou o cabrito assado.

A origem do nome deste prato tradicional português, deve-se ao seu aspeto quando é servido, em que os alimentos se envolvem uns nos outros, cortados em pedaços, com uma mistura de cores e sabores. Mas mais do que o aspeto, é o sabor inconfundível que mais se destaca nesta receita simples e prática de bacalhau, deliciosamente regada com um fio de azeite. Uma receita tradicional a não esquecer…

Pastéis de Bacalhau

pastéis de bacalhau

Esta especialidade da cozinha tradicional portuguesa é conhecida por pastéis de bacalhau, nas regiões centro e sul de Portugal, e por bolinhos de bacalhau, no norte do país. A primeira receita oficial data de 1904.

Estes pastéis podem ser servidos como entrada ou como acompanhamento de arroz de tomate ou salada de feijão-frade; são ainda muito populares como petisco em adegas e tavernas típicas em Portugal e em países lusófonos, como Angola e Brasil. Em várias regiões do país, são tradicionalmente servidos nas celebrações natalícias. São também comummente feitos como aproveitamento das sobras do bacalhau e batatas do Natal, à semelhança da Roupa Velha, podendo ser congelados e aproveitados em várias ocasiões, nomeadamente no Ano Novo.