Kuba (República Checa)

kuba (República Checa)

Nesta época festiva, receba os seus familiares com pratos tradicionais de Natal diferentes e saborosos. Kuba é uma receita típica da República Checa, muito simples de preparar, que serve de acompanhamento a pratos de carne e peixe. Feita à base de cevada e cogumelos, esta receita é tradicionalmente servida na ceia de Natal.

Ingredientes:

Sopa de Castanhas (Trás-os-Montes)

sopa de castanhas

Fácil de preparar e muito saborosa, a sopa de castanhas é ideal para comemorar o São Martinho, no dia 11 de novembro, ou para aproveitar estes frutos típicos do outono. Em Portugal, existem variantes regionais desta sopa marcadamente outunal, sendo mais ou menos consistentes; a receita de Trás-os-Montes não leva carne, enquanto que receitas como a de Arganil ou da Madeira já levam.

Ingredientes:

Kapustnica (Sopa de Natal – Eslováquia)

kapustnica

Na Eslováquia, tal como na Polônia, as famílias católicas dão início à celebração do Natal com uma ceia, quando a primeira estrela aparece no céu. A Kapustnica não pode pode faltar à mesa da festa de Natal e cada família tem a sua própria variação da receita tradicional. Algumas famílias comem esta sopa durante 12 dias, desde a ceia de Natal, a 24 de dezembro, até 6 de janeiro.
Trata-se de uma sopa marcadamente festiva, feita com ameixas, cogumelos e enchidos. No entanto, o segredo da receita é o chucrute (um repolho ralado e fermentado, muito apreciado nos países da Europa setentrional).
A sopa fica ainda melhor no dia a seguir ao da confeção, pois os sabores ficam mais ligados uns aos outros. Basta aquecer e acrescentar um pouco de água se estiver muito grossa (de qualquer forma, a Kapustnica é uma sopa espessa). Bom apetite!

Ingredientes:

Feijoada de Javali (Trás-os-Montes e Alto Douro)

feijoada de javali

Feijoada de javali é um prato de caça que existe em diferentes regiões de Portugal, apresentando pequenas variantes na receita decorrentes das tradições gastronómicas de cada uma delas. Este prato particularmente é oriundo do distrito de Bragança, no nordeste Transmontano, com grande incidência na Serra de Montesinho, onde se pratica a caça ao javali. Este tipo de caça grossa está, no entanto, confinada a algumas coutadas e só os sócios podem participar.

A carne de javali é escura e muito apreciada por quem a prova, caracterizando-se por não ter muita gordura, ser praticamente isenta de colesterol e bastante rica em proteínas e sais minerais. No entanto, a carne do macho tem, normalmente, um sabor muito intenso, pelo que é necessária uma boa preparação e aplicação de temperos.

Caldo Verde (Minho)

caldo verde à minhota

O caldo verde é uma sopa da cozinha  tradicional portuguesa, feita à base de puré de batata e couve portuguesa, cortada muito finamente. Embora sendo típica da região norte de Portugal, esta sopa é muito apreciada e conhecida aquém e além fronteiras, sendo mesmo uma das mais célebres receitas tradicionais do país.

Além dos ingredientes típicos que compõem o caldo verde (puré de batata, couve, chouriço e azeite), a receita do Minho caracteriza-se pela inclusão da broa de milho, sendo a sopa servida em malgas.