Tag Archives: laranjas

Carne de Vinha d’Alhos à Moda da Madeira

carne de vinha d'alhos

Esta receita tradicional de Natal, também designada Carne de Vinho e Alhos, é típica da região da Madeira. É consumida durante todo o ano, mas com maior incidência no Natal, sendo um dos principais pratos do arquipélago associados a esta quadra festiva, sobretudo ao almoço do dia 25 de dezembro.

Este prato tradicional de carne, de sabor intenso e avinagrado, deve ser preparado três dias antes da confeção, mantendo-se a carne a marinar na vinha d’alhos durante esse tempo. Pode ser confecionado de diversas formas, dependendo da sua apresentação à mesa.

Capão Recheado

capão recheado

Capão é um frango castrado em pequeno, por volta dos 2 meses de vida, sendo depois alimentado à base de milho e consumido entre 7 a 8 meses depois, o que favorece o aumento da gordura, ficando a carne macia e delicada. As potencialidades deste tipo de carne foram descobertas, por mero acaso, pelos Romanos da Antiguidade. Pelo que se sabe, um Cônsul romano da época, Caio, gostava de dormir e irritava-o particularmente o cantar dos galos, que o acordava de madrugada. Por isso, fez o senado aprovar uma lei que bania estas aves de Roma. Para poderem continuar a sua atividade, os criadores descobriram uma forma de contornar a lei, castrando os galos – desta forma, eles pararam de cantar e de se interessar pelas fêmeas. Estas aves passaram, então a comer mais do que o habitual e a engordar consideralvelmente. Ao serem abatidos para consumo, rapidamente se constatou que o sabor e textura da carne eram diferentes e muito melhores. Os romanos descobriram ainda que quanto mais cedo fosse feita a castração, melhor seria a carne. O consumo do frango capão foi-se, então, propagando, ficando o consumo desta carne associado a ocasiões festivas – tradição que ainda hoje se mantém em algumas regiões de Portugal e da Itália, em quase toda a Espanha.

O capão recheado é um prato tradicional muito apreciado no Natal, em várias regiões de Portugal, sendo uma ótima alternativa ao peru. Este prato é geralmente acompanhado de batatas em cubos, assadas no molho dom capão, ou puré de batata.

Feijoada Brasileira

feijoada brasileira

Feijoada é um guisado de feijão com carne, geralmente acompanhada com arroz.

Este prato tradicional teve origem no norte de Portugal, sendo atualmente um dos mais típicos da cozinha brasileira. Há, no entanto, algumas diferenças na forma de a confecionar, tendo a receita brasileira sido ajustada com ingredientes marcantes da gastronomia do país. No Brasil, a feijoada é feita de uma mistura de feijões pretos e de vários tipos de carne de porco e de vaca, sendo acompanhada de farofa, arroz branco, couve refogada e laranja fatiada, entre outros ingredientes. Em Portugal, por sua vez, o prato é feito com feijão branco ou encarnado, dependendo da região, e acompanhado com arroz branco, legumes e enchidos.

Não há apenas uma receita de feijoada no Brasil. Pelo contrário, há variações da receita, adaptações aos climas e produções locais. No Rio Grande do Sul, a feijoada é servida como prato de inverno. No Rio de Janeiro é servida tradicionalmente às sexta-feiras, dos botecos mais baratos aos restaurantes mais finos. Independentemente da origem, variedades ou adaptações, a feijoada popularizou-se entre todas as camadas sociais no Brasil, sendo um prato tradicional associado a momentos de festa e confraternização.

Peru Recheado à moda do Alentejo

peru recheado

O Alentejo é uma região repleta de tradições e a riquíssima cozinha alentejana, considerada uma das mais marcantes de Portugal, é uma autêntica arte de sabores e aromas. Durante muitos séculos foram criadas e confecionadas receitas com base em produtos  regionais, tendo sido transmitidas ao longo de várias gerações. Estas receitas tradicionais chegam até nós, mais do que um legado gastronómico, como um verdadeiro testemunho cultural da vida e costumes do Alentejo.

O peru recheado é presença habitual na mesa de Natal, época em que, tradicionalmente, se preparam pratos mais elaborados. Nesta receita, o peru é duplamente recheado, dando origem a um prato vistoso e farto, com ingredientes típicos do Alentejo, que dão um toque especial à ceia de Natal. O peito é recheado com ingredientes como carne de porco e vaca, e a barriga com uma mistura de batata, azeitona e especiarias, não precisando o prato de ser servido com outro acompanhamento senão uma salada ou legumes cozidos.