Tag Archives: mexilhão

Paella Valenciana (Espanha)

paella valenciana

A paella é um prato tradicional à base de arroz é um dos mais apreciados e representativos da cozinha espanhola. Em Portugal, é comummente conhecido como Arroz à Valenciana.
A receita surgiu nos séculos XV e XVI, na região de Valência, onde há muitos arrozais e grande produção de verduras frescas. Trata-se de um prato com raízes populares, tendo sido criado pelos camponeses que saíam para o campo e lavavam os preparativos básicos para a sua refeição: arroz, azeite, sal e a paellera ou paella, uma panela redonda, ampla e rasa onde juntavam ingredientes da caça (sobretudo de lebre e pato), legumes da estação e açafrão que extraíam das flores, dando o colorido amarelado ao arroz. O tomate foi acrescentado posteriormente, assim como o frango, que era muito caro para os padrões da época.
Com a difusão da receita pelo litoral, foram sendo acrescentados os frutos do mar, tornando a paella num prato misto, com ingredientes da terra e do mar.
O nome da receita deriva do recipiente onde é cozinhada, sendo um utensílio já usado pelos Romanos para colocar as oferendas aos Deuses, em rituais de fecundação da terra. O formato deste recipiente facilitava aos camponeses a preparação do arroz e demais ingredientes, proporcionando um cozinhado homogéneo. No entanto, há também referências históricas ao facto de os camponeses prepararem esta iguaria aos fins de semana, quando regressavam para casa, em homenagem às suas esposas. Sendo um prato preparado “Para Ellas”, o nome ficou associado a este momento, marcado pela alegria do reencontro.
Tradicionalmente, a Paella é um prato que os Espanhóis comem em datas festivas (casamentos, aniversários, batizados, fim de ano, feriados…), preferencialmente cozinhado ao ar livre e preparado pelo homem.

Ingredientes:

Arroz de Marisco

arroz de marisco

O arroz de marisco é um prato tradicional da cozinha portuguesa, típico das zonas costeiras. Como o próprio nome indica, trata-se de um prato feito à base de vários tipos de marisco, nomeadamente amêijoas, camarão, berbigão, mexilhão, lagosta e sapateira. Há pequenas variações regionais da receita, marcadas sobretudo pelas diferentes combinações do marisco utilizado. A sua origem, porém, terá sido na na praia da Vieira de Leiria, na região centro do país. Uma das características desta receita é servir o arroz ainda a fervilhar, no tradicional tacho de barro onde foi cozinhado.

Dos vários pratos da cozinha tradicional portuguesa que têm o marisco como ingrediente principal, esta é a mais famosa aquém e além fronteiras de Portugal, tendo sido inclusive um dos vencedores das 7 Maravilhas da Gastronomia. Para o confecionar, começa-se por cozer os mariscos e fazer um refogado que pode levar alho, tomate, cebola e azeite. Em seguida, é-lhe acrescentado o caldo da cozedura do marisco, onde é cozido o arroz para que os sabores não se percam. Por norma, também se adiciona vinho branco. Quando o arroz estiver quase cozido, são adicionados os mariscos e coentros picados, ingrediente típico da cozinha portuguesa, que confere à receita um aroma e sabor únicos. Deve servir-se o arroz de marisco bem aguado, pois se ficar seco pode-se perder o sabor típico deste prato.