Tag Archives: Trás-os-Montes

Feijoada de Javali (Trás-os-Montes e Alto Douro)

feijoada de javali

Feijoada de javali é um prato de caça que existe em diferentes regiões de Portugal, apresentando pequenas variantes na receita decorrentes das tradições gastronómicas de cada uma delas. Este prato particularmente é oriundo do distrito de Bragança, no nordeste Transmontano, com grande incidência na Serra de Montesinho, onde se pratica a caça ao javali. Este tipo de caça grossa está, no entanto, confinada a algumas coutadas e só os sócios podem participar.

A carne de javali é escura e muito apreciada por quem a prova, caracterizando-se por não ter muita gordura, ser praticamente isenta de colesterol e bastante rica em proteínas e sais minerais. No entanto, a carne do macho tem, normalmente, um sabor muito intenso, pelo que é necessária uma boa preparação e aplicação de temperos.

Cabrito Assado à Transmontana

cabrito assado à transmontana

Trás-os-Montes é uma região de montanha, com uma fauna diversificada, onde a criação de gado caprino encontra excelentes condições ambientais para se desenvolver. Não é, pois, de estranhar que o cabrito seja uma das grandes referências da riquíssima cozinha transmontana, sendo uma das receitas tradicionais de Natal mais procuradas em Portugal.

Tradicionalmente, o cabrito era assado em forno a lenha, que ainda é muito utilizado na região, dando um sabor indiscutivelmente melhor a este prato de carne. Atualmente, os fornos elétricos e a gás ganham cada vez mais relevância, não anulando de forma alguma o aroma, paladar e qualidade característicos desta receita tradicional.
O cabrito é cortado em pedaços e assado no forno com batatas e castanhas.

Água de Unto (Trás-os-Montes)

água de unto Trás-os-Montes

A água de unto é uma sopa tradicional da região norte de Portugal, nomeadamente na região de Trás-os-Montes e do Minho (consulte aqui a receita minhota).
Em Trás-os-Montes, esta sopa, à base de um caldo de unto com pão de centeio, é tradicionalmente comida no inverno, ao pequeno-almoço, por agricultores e pastores antes de enfrentarem um dia de trabalho. É uma sopa saborosa, semelhante à açorda alentejana.

Ingredientes: