Tag Archives: arroz

Arroz de Lampreia (Viana do Castelo)

arroz de lampreia

Apreciada desde o Império Romano, a lampreia é o ingrediente principal de pratos tradicionais em diferentes pontos de Portugal, sendo o arroz de lampreia do Minho um dos mais afamados. Mesmo nesta região do país existem diversas variantes, apenas com ligeiras diferenças entre si.

As receitas regionais de Viana do Castelo e de Esposende são muito idênticas, caracterizando-se por ambas levarem vinho verde e chouriço. A diferença entre a forma de cozinhar a lampreia nestas duas cidades minhotas é que em Viana se usa maioritariamente o vinho branco (que não pode ser doce) e em Esposende usa-se sobretudo o vinho verde tinto.

Caldo de Pobres

Caldo de Pobres

Esta sopa é uma receita tradicional de Entre Douro e Minho, à base de carnes gordas de porco, couve, massa e arroz, sendo muito importante no meio rural.

Feita em quantidade suficiente para o almoço e o jantar, à sopa são normalmente retirados todos os sólidos, que se comem separadamente do caldo, sendo este bebido no final.

Ingredientes:

Paella Valenciana (Espanha)

paella valenciana

A paella é um prato tradicional à base de arroz é um dos mais apreciados e representativos da cozinha espanhola. Em Portugal, é comummente conhecido como Arroz à Valenciana.
A receita surgiu nos séculos XV e XVI, na região de Valência, onde há muitos arrozais e grande produção de verduras frescas. Trata-se de um prato com raízes populares, tendo sido criado pelos camponeses que saíam para o campo e lavavam os preparativos básicos para a sua refeição: arroz, azeite, sal e a paellera ou paella, uma panela redonda, ampla e rasa onde juntavam ingredientes da caça (sobretudo de lebre e pato), legumes da estação e açafrão que extraíam das flores, dando o colorido amarelado ao arroz. O tomate foi acrescentado posteriormente, assim como o frango, que era muito caro para os padrões da época.
Com a difusão da receita pelo litoral, foram sendo acrescentados os frutos do mar, tornando a paella num prato misto, com ingredientes da terra e do mar.
O nome da receita deriva do recipiente onde é cozinhada, sendo um utensílio já usado pelos Romanos para colocar as oferendas aos Deuses, em rituais de fecundação da terra. O formato deste recipiente facilitava aos camponeses a preparação do arroz e demais ingredientes, proporcionando um cozinhado homogéneo. No entanto, há também referências históricas ao facto de os camponeses prepararem esta iguaria aos fins de semana, quando regressavam para casa, em homenagem às suas esposas. Sendo um prato preparado “Para Ellas”, o nome ficou associado a este momento, marcado pela alegria do reencontro.
Tradicionalmente, a Paella é um prato que os Espanhóis comem em datas festivas (casamentos, aniversários, batizados, fim de ano, feriados…), preferencialmente cozinhado ao ar livre e preparado pelo homem.

Ingredientes:

Paella Gaúcha

paella gaúcha

Prato de origem espanhola, nesta receita, a paella é adaptada às tradições da cozinha brasileira, mais concretamente da gastronomia gaúcha, sendo preparada com diversos tipos de carnes, arroz e uma grande variedade de ingredientes. Os tradicionais frutos do mar são integralmente substituídos por carne e linguiça, e o arroz enriquecido com ervas aromáticas e temperos, dando origem a um prato saboroso, aromático e com uma excelente combinação de ingredientes.

Ingredientes:

Arroz de Sarrabulho (Ponte de Lima)

arroz de sarrabulho

O Arroz de Sarrabulho é um prato da cozinha tradicional portuguesa, originário de Ponte de Lima, sendo um dos mais genuínos do Alto Minho. Confecionado com vários tipos de carne (porco, vaca e galinha), sangue de porco e diversas especiarias, acompanha com os rojões à moda do Minho, belouras, tripas enfarinhadas ou batatas alouradas.

Esta receita tradicional surgiu nos meados do século XIX pelas mãos da cozinheira Clara Penha. Em 2006, foi criada a confraria do Arroz de Sarrabulho à moda de Ponte de Lima, a fim de divulgar e realçar o valor gastronómico e histórico deste prato.