Tag Archives: ceia de Natal

Pernil de Porco ao Vinho (Brasil)

pernil de porco ao vinho

O pernil de porco é um prato muito apreciado, particularmente para a ceia de Natal e Ano Novo, no Brasil e em outros países da América Latina. Embora o peru seja mais tradicional nesta quadra, o pernil tem vindo ter uma procura crescente no Brasil por ser um prato muito saboroso e simples de preparar.

Na cozinha brasileira, há várias receitas de pernil, sendo a carne assada na maioria delas. O pernil de porco ao vinho, tinto ou branco, é um prato requintado e apelativo, tradicionalmente servido no Natal.

Cabrito Assado (Beira Alta)

cabrito assado

A cozinha tradicional portuguesa é considerada uma das mais sugestivas e saborosas, contando com uma variedade de receitas e ingredientes regionais que lhe dão um colorido e paladar únicos. Cada região tem as suas tradições gastronómicas e, no Natal, os pratos típicos de cada região ganham especial relevo e importância, também por ser uma festa de família, em que se reavivam costumes antigos.

O cabrito assado é um dos pratos tradicionalmente servidos no Natal, em Portugal, tendo especial expressão nas regiões do norte e Beiras, em que a paisagem natural serrana é propícia à criação deste tipo de animais. Saiba como preparar a receita tradicional de cabrito assado à moda da Beira Alta, um prato típico de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda.
O cabrito, que deverá ser preparado de véspera e sem a fressura, é acompanhado com batatinhas.

Polvo Guisado à moda de S. Miguel (Açores)

polvo guisado

Saiba como confecionar este prato tradicional da cozinha açoriana, um dos mais representativos da gastronomia do arquipélago, ocupando um lugar de destaque à mesa na ceia de Natal. O polvo guisado pode ser servida como prato principal, sendo acompanhada com batata ou arroz branco, ou como petisco.

Nos Açores, o polvo saboreia-se guisado ou estufado em vinho tinto ou de cheiro, e leva sempre malagueta. Também se serve polvo assado, sendo menos comum encontrar receitas de polvo cozido, variante pouco apreciada nas ilhas açorianas. A receita tem pequenas variações relativamente ao polvo guisado da ilha do Faial, sendo ambos muito apetitosos.

Pimentos Recheados com Arroz (Bulgária)

pimentos recheados com arroz

A cozinha tradicional búlgara é uma mistura de influências do ocidente e do oriente. Tal como em Portugal, a comemoração do Natal na Bulgária faz-se com uma mesa farta. No entanto, a tradição deste país consegue superar a portuguesa, sendo servidos sete pratos principais na noite da consoada.
Apesar da quantidade, manda a tradição que, na consoada búlgara, a carne não esteja presente. As famílias reúnem-se ao redor de uma farta mesa com diversos pratos vegetarianos, onde estão incluídos todos os produtos produzido ao longo do ano. Os pimentos recheados com arroz são um dos pratos mais emblemáticos da ceia de Natal búlgara.
Além da sua riqueza e diversidade gastronómica, o país celebra o Natal com rituais próprios, tendo muitos deles como motivação a prosperidade. Por este motivo, durante a ceia, a lareira não pode ser apagada. Na consoada, é tradição deixar toda a comida na mesa até ao dia seguinte, num sinal de oferta dos alimentos à divindade. Existe ainda o costume de se cozer pão, sendo a primeira porção partida pelo elemento mais velho da família, que a reserva a Deus.
Traga para a sua mesa de Natal uma receita tradicional diferente e muito saborosa, ao preparar estes pimentos recheados búlgaros.

Ingredientes:

Polvo Guisado (Douro e Minho)

polvo guisado

Além do bacalhau, que é o prato de referência na ceia de Natal em Portugal, nas regiões do Douro e Minho, assim como nos Açores, é tradicionalmente servido o polvo, com batatas e couve portuguesa cozidas. Atualmente, essa tradição de servir o polvo, normalmente guisado, começa a integrar a ceia de Natal de grande parte das famílias portuguesas.

A Consoada na região de Entre Douro e Minho é o mais típico repasto do Natal português. Já Ramalho Ortigão referia que “Há só um banquete português que desbanca todos os jantares de Paris, mas que os desbanca inteiramente: é a ceia da véspera de Natal nas nossas terras do Minho”.