Lapas Grelhadas à moda dos Açores

lapas grelhadas à moda dos Açores

Embora também existam em Portugal continental, as lapas (moluscos que aderem aos rochedos junto ao mar, havendo em abundância na costa marítima) são tradicionalmente apreciadas como petisco nos arquipélagos da Madeira e dos Açores.  A forma mais popular de comer as lapas é grelhadas, sendo que a preparação das lapas grelhadas difere dos Açores para a Madeira essencialmente no uso da massa malagueta.
As lapas têm um sabor acentuado a mar, combinando muito bem com os temperos usados na receita tradicional dos Açores: massa de malagueta, manteiga e alho.

Ingredientes:

Roupa Velha de Bacalhau (Minho)

roupa velha de bacalhau

Roupa velha é um prato típico do Minho, feito com as sobras do bacalhau da consoada, que se come tradicionalmente no almoço do dia 25 de dezembro. Sendo uma receita de aproveitamento, este prato começou por estar associado às famílias mais pobres, em que era o almoço servido no dia de Natal. Mas esse conceito perdeu-se e, atualmente, em casa de muitas famílias portuguesas (em Portugal e no estrangeiro), é tradição comer roupa velha antes de servir o prato de carne – peru ou o cabrito assado.

A origem do nome deste prato tradicional português, deve-se ao seu aspeto quando é servido, em que os alimentos se envolvem uns nos outros, cortados em pedaços, com uma mistura de cores e sabores. Mas mais do que o aspeto, é o sabor inconfundível que mais se destaca nesta receita simples e prática de bacalhau, deliciosamente regada com um fio de azeite. Uma receita tradicional a não esquecer…

Gaspacho Alentejano

gaspacho alentejano

O gaspacho alentejano, também denominado caspacho, é um prato tradicional consumido maioritariamente no verão, devido à sua frescura. Esta famosa sopa fria e agradavelmente aromática não é triturada (ao contrário da versão espanhola), caracterizando-se também, por isso, pelo seu aspeto colorido e textura.

No Alto Alentejo, o gaspacho é geralmente apresentado com alguns acompanhamentos, como paio, chouriço ou presunto, azeitonas e até peixe frito ou sardinhas assadas. Estes acompanhamentos enriquecem a sopa e transformam-na numa refeição completa

Sardinhas Assadas (Lisboa e Setúbal)

sardinhas assadas

As sardinhas assadas são dos pratos mais apreciados e consumidos da cozinha portuguesa, fruto de uma forte tradição piscatória. Tal como as receitas de bacalhau, há vários pratos que têm a sardinha como ingrediente principal, mas a sardinha assada é um marco gastronómico da cozinha tradicional portuguesa, tendo sido um dos finalistas na eleição das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal, na categoria dos pratos de peixe.
A sardinha assada é confecionada e comida durante todo o ano, mas ganha especial destaque no verão, sendo um dos marcos das festas tradicionais dos Santos Populares, em Lisboa, em que é saboreada sobre uma fatia de pão.

Ingredientes:

Sopa de Mandioca

sopa de mandioca

Esta sopa é feita à base de mandioca, um ingrediente tradicionalmente usado na cozinha brasileira.
A receita é simples de preparar e faz uma sopa nutritiva e muito saborosa, ótima para saborear nos dias frios de inverno.
A mandioca é um alimento energético, não contém proteínas nem gorduras, mas é rica em vitaminas do complexo B e minerais – como cálcio, fósforo e ferro, que  participam da formação dos ossos, dentes e sangue. Conforme o tipo, a polpa da mandioca pode ter cor branca ou amarelada.

Ingredientes: