Avançar para o conteúdo
Home » Quiche de Bacalhau na Air Fryer:

Quiche de Bacalhau na Air Fryer:

[wptb id=40917]

Uma Jornada Culinária de Sabor e Inovação – Quiche de Bacalhau na Air Fryer

Na interseção entre tradição e modernidade, surge uma deliciosa criação culinária que encapsula séculos. De herança gastronômica com a praticidade contemporânea: a quiche de bacalhau na Air Fryer. Esta iguaria combina a elegância da quiche francesa, nascida nas cozinhas da Lorena. Com a distinta presença do bacalhau, peixe venerado em diversas culturas ao redor do globo. À medida que exploramos a história, origens, curiosidades e variações desta receita única. Mergulhamos em uma viagem sensorial que transcende fronteiras, culminando na inovadora abordagem da Air Fryer, que eleva a experiência gastronômica a novas alturas. Prepare-se para embarcar nesta jornada de sabores harmoniosos e texturas perfeitamente equilibradas. Onde o passado se encontra com o presente para criar uma experiência culinária verdadeiramente extraordinária.

O Bacalhau:

Bacalhau, um termo que abrange diversas espécies de peixes distribuídas em vários géneros. Refere-se, em particular, a cerca de 60 espécies migratórias pertencentes ao gênero Gadus, da família Gadidae. A variedade “original” ou “verdadeira” de bacalhau é representada pela espécie Gadus morhua, encontrada no Oceano Atlântico. O Gadus habita mares frios do norte e, em geral, é de tamanho pequeno, embora alguns indivíduos possam alcançar até 100 kg e quase dois metros de comprimento. Alimentando-se principalmente de peixes menores, como o arenque.

Etimologia:

Quanto à etimologia, a origem do termo é obscura, possivelmente relacionada com as formas dialetais do basco bakailao (bakailo, makailao, makailo). No entanto, é plausível que tanto o basco bakailao quanto o português ‘bacalhau'. O espanhol bacalao e o italiano baccalà derivem do baixo alemão e do escandinavo bakkeljau (‘bastão peixe'). Por sua vez, o gascão cabilhau e o francês antigo cabellau teriam evoluído a partir de cabellauwus. Uma forma latinizada do neerlandês kabeljauw, que por metátese se transformou no neerlandês antigo bakeljauw. Culminando no francês moderno cabillaud (1762), referindo-se ao bacalhau fresco, em contraste com o seco, conhecido como morue.

Entre as diversas espécies de peixes comercializadas como bacalhau, destacam-se a Gadus morhua. Presente nas águas frias do Oceano Atlântico no Canadá e no Mar da Noruega. E a Gadus macrocephalus, habitante do Oceano Pacífico na região do Alasca. Além disso, outros peixes salgados e secos são vendidos como bacalhau. Como o Gadus virens ou Pollachius virens (escamudo), Molva molva (Ling) e Brosme brosme (Zarbo), todos pertencentes à ordem Gadiformes. Em Moçambique e na Guiné-Bissau, o termo bacalhau é atribuído ao Rachycentron canadum (Beijupirá), uma espécie de peixe da ordem Perciformes. No rio Amazonas, o Arapaima gigas (pirarucu) também é conhecido como “bacalhau-da-amazônia”.

Gastronômica: 

Do ponto de vista gastronômico, o bacalhau foi introduzido na alimentação pelos noruegueses e portugueses. Que já praticavam o processo de salga do pescado durante as grandes pescarias no século XIV, durante a época das grandes navegações.

Quiche de Bacalhau na Air Fryer: Uma Delícia Moderna com História Profunda

Origens e História:

A quiche de bacalhau é uma criação culinária que combina a tradição da cozinha frances. Com a versatilidade do bacalhau, um peixe apreciado em diversas culturas. A quiche, originária da região da Lorena, França, é uma torta salgada. Feita com uma massa à base de farinha, ovos e creme, tradicionalmente recheada com ingredientes como queijo, bacon ou vegetais. A ideia de incorporar bacalhau nessa iguaria revela a habilidade de adaptar pratos clássicos a novos sabores e tendências.

Curiosidades e Variações:

A escolha do bacalhau como ingrediente principal adiciona um toque distintivo à quiche. O bacalhau, com seu sabor único e textura delicada, eleva a receita a um patamar de sofisticação. Variações podem incluir a adição de azeitonas, alho-poró ou espinafre, proporcionando camadas de sabores que se harmonizam perfeitamente.

A quiche de bacalhau também é conhecida por sua versatilidade, sendo apreciada tanto quente quanto fria. Isso a torna uma opção versátil para refeições principais, brunches ou eventos especiais, adaptando-se aos mais diversos contextos culinários.

Na Air Fryer: Uma Abordagem Moderna:

A adaptação da quiche de bacalhau para a Air Fryer é um exemplo de como as técnicas modernas podem transformar pratos clássicos. A Air Fryer proporciona uma textura crocante e dourada à massa, preservando a umidade do recheio, resultando em uma quiche perfeitamente equilibrada.

Para preparar a quiche de bacalhau na Air Fryer, basta ajustar as configurações de temperatura e tempo de cozimento. A praticidade dessa abordagem moderna não compromete a qualidade do prato, pelo contrário, destaca suas características únicas.

[wptb id=38202]

Popularidade Global:

A quiche de bacalhau na Air Fryer transcende fronteiras, tornando-se uma opção popular em diversas partes do mundo. A combinação de ingredientes de alta qualidade com a praticidade da Air Fryer reflete a essência da culinária contemporânea, onde tradição e inovação se encontram.

Receita:

quiche de bacalhau em um prato branco ao lado um prato com saladas variadas sobre um mesa de madeira

Quiche de bacalhau na air fryer

Francisca Pereira
Desfrute da sofisticação culinária com a quiche de bacalhau na Air Fryer: crocante por fora, suculenta por dentro. Uma experiência irresistível.
Preparo 3 hours 15 minutes
Cozimento 1 hour
Tempo Total 4 hours 15 minutes
Refeição Acompanhamento, almoço, jantar, Prato Principal
Culinária Francesa
Serve 6 porções

Ingredientes
  

  • Bacalhau:
  • 750 g de bacalhau imperial
  • 1 L de leite
  • 1 L de água
  • 1 cabeça de alho
  • Tomilho
  • Louro
  • Alecrim
  • Massa:
  • 400 g de manteiga
  • 500 g de farinha de trigo
  • 1 ovo
  • 1 gema
  • Sal
  • Açúcar
  • Recheio:
  • 2 paios
  • 4 ovos
  • 3 batatas
  • 2 cebolas fatiadas
  • 200 g de azeitonas pretas
  • Cebolinha
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Creme de quiche:
  • 4 ovos
  • 300 ml de leite do cozimento de bacalhau
  • 300 ml de creme de leite
  • Noz-moscada

Instruções
 

  • Preparo do Bacalhau:
  • Em leite fervendo com alho, tomilho, alecrim e louro, cozinhe o bacalhau por 15 minutos.
  • Desfie o bacalhau em lascas grandes, reservando o leite do cozimento.
  • Preparo da Massa:
  • Misture os ingredientes até obter uma massa consistente e deixe descansar na geladeira por duas horas.
  • Estique a massa a 2 mm, forre uma fôrma untada e leve à geladeira por 30 minutos.
  • Preparo do Recheio:
  • Asse as batatas envoltas em papel alumínio por 30 minutos, depois descasque e corte em rodelas.
  • Toste o paio em cubos, refogue cebola e cebolinha.
  • Adicione batatas, azeitonas e misture com o bacalhau.
  • Preparo do Creme de Quiche:
  • Bata ovos, adicione leite do bacalhau coado e creme de leite.
  • Tempere com noz-moscada e misture.
  • Montagem da Quiche:
  • Coloque o recheio na massa, cubra com o creme de quiche.
  • Finalize com ovos e azeitonas.
  • Asse a 180°C por uma hora.
  • Desenforme e sirva.
  • Uma explosão de sabores aguarda cada mordida.
Etiquetas air fryer, azeitona preta, bacalhau, batata, quiche

Conclusão:

A quiche de bacalhau na Air Fryer é uma expressão culinária que une a riqueza histórica da quiche francesa. Com a singularidade do bacalhau, resultando em um prato refinado e contemporâneo. Sua jornada, desde as tradições da França até as cozinhas modernas ao redor do mundo. Destaca a capacidade da culinária de evoluir e encantar ao longo do tempo. Ao saborear essa delícia, os amantes da gastronomia experimentam uma fusão de sabores e técnicas, celebrando o melhor da tradição e da inovação.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recipe Rating