Tag Archives: manteiga

Sopa de Mandioca

sopa de mandioca

Esta sopa é feita à base de mandioca, um ingrediente tradicionalmente usado na cozinha brasileira.
A receita é simples de preparar e faz uma sopa nutritiva e muito saborosa, ótima para saborear nos dias frios de inverno.
A mandioca é um alimento energético, não contém proteínas nem gorduras, mas é rica em vitaminas do complexo B e minerais – como cálcio, fósforo e ferro, que  participam da formação dos ossos, dentes e sangue. Conforme o tipo, a polpa da mandioca pode ter cor branca ou amarelada.

Ingredientes:

Kuba (República Checa)

kuba (República Checa)

Nesta época festiva, receba os seus familiares com pratos tradicionais de Natal diferentes e saborosos. Kuba é uma receita típica da República Checa, muito simples de preparar, que serve de acompanhamento a pratos de carne e peixe. Feita à base de cevada e cogumelos, esta receita é tradicionalmente servida na ceia de Natal.

Ingredientes:

Capão Recheado

capão recheado

Capão é um frango castrado em pequeno, por volta dos 2 meses de vida, sendo depois alimentado à base de milho e consumido entre 7 a 8 meses depois, o que favorece o aumento da gordura, ficando a carne macia e delicada. As potencialidades deste tipo de carne foram descobertas, por mero acaso, pelos Romanos da Antiguidade. Pelo que se sabe, um Cônsul romano da época, Caio, gostava de dormir e irritava-o particularmente o cantar dos galos, que o acordava de madrugada. Por isso, fez o senado aprovar uma lei que bania estas aves de Roma. Para poderem continuar a sua atividade, os criadores descobriram uma forma de contornar a lei, castrando os galos – desta forma, eles pararam de cantar e de se interessar pelas fêmeas. Estas aves passaram, então a comer mais do que o habitual e a engordar consideralvelmente. Ao serem abatidos para consumo, rapidamente se constatou que o sabor e textura da carne eram diferentes e muito melhores. Os romanos descobriram ainda que quanto mais cedo fosse feita a castração, melhor seria a carne. O consumo do frango capão foi-se, então, propagando, ficando o consumo desta carne associado a ocasiões festivas – tradição que ainda hoje se mantém em algumas regiões de Portugal e da Itália, em quase toda a Espanha.

O capão recheado é um prato tradicional muito apreciado no Natal, em várias regiões de Portugal, sendo uma ótima alternativa ao peru. Este prato é geralmente acompanhado de batatas em cubos, assadas no molho dom capão, ou puré de batata.

Bacalhau à Zé do Pipo (Porto)

bacalhau à Zé do Pipo

O bacalhau à Zé do Pipo é um prato típico da cozinha portuguesa, mais concretamente da culinária tradicional do Porto. O nome da receita, por muitos considerado o melhor prato de bacalhau, deve o seu nome ao seu autor – Zé do Pipo, dono de um restaurante tradicional do Porto. A receita foi criado na década de 60 e obteve o 1º lugar num concurso da época, denominado “A melhor refeição ao melhor preço”.

Para confecionar este famoso prato de peixe, são necessários três ingredientes indispenséveis: lombos de bacalhau de excelente qualidade, maionese caseira e puré de batata, também caseiro. Após cozedura, o bacalhau é gratinado com os restantes ingredientes.

Alcatra da Ilha Terceira (Açores)

Alcatra da Ilha Terceira (Açores)

A alcatra é um prato muito aromático, sendo considerado um ex libris da cozinha tradicional da ilha Terceira, nos Açores. Este prato de carne é tradicionalmente confecionado num alguidar de barro vermelho, não vidrado, alto e ligeiramente afunilado, sendo as quantidades da receita ajustadas ao seu tamanho, uma vez que há à venda alguidares de diferentes dimensões. No entanto, se não tiver um destes alguidares típicos, poderá confecionar o prato num tacho de barro, muito comum na cozinha tradicional portuguesa.

Existem várias versões da receita, embora com variações sobretudo nos temperos, que são aplicados a gosto. Antigamente a alcatra era feita com vinho de cheiro, um vinho tinto feito a partir de uvas de casta americana com que se replantaram as vinhas açorianas após uma praga no século XIX. Atualmente, é comum usar-se o vinho branco (ou o tinto, em algumas receitas) na confeção da receita.