Tag Archives: sopa de carne

Caldo de Pobres

Caldo de Pobres

Esta sopa é uma receita tradicional de Entre Douro e Minho, à base de carnes gordas de porco, couve, massa e arroz, sendo muito importante no meio rural.

Feita em quantidade suficiente para o almoço e o jantar, à sopa são normalmente retirados todos os sólidos, que se comem separadamente do caldo, sendo este bebido no final.

Ingredientes:

Sopa Seca do Cozido à Portuguesa (Minho)

sopa seca do cozido à porttuguesa

Esta sopa, oriunda da região do Minho, é feita com o aproveitamento das sobras do Cozido à Portuguesa, sendo uma variante da tradicional sopa caldosa do cozido. Por todo o país as há, com pequenas alterações no modo de confeção ou na junção de ingredientes, mas no essencial são todas elas muito idênticas à sopa minhota.
Caso não tenham sobrado do cozido quantidades suficientes dos ingredientes necessários para a sopa, poderá preparar ingredientes de modo a perfazer as quantidades indicadas ou então adaptá-las, fazendo uma sopa mais pequena.

Ingredientes:

Sopa do Espírito Santo (Ilha Terceira)

sopas do Espírito Santo

As festas do Espírito Santo são realizadas desde a Idade Média e ocorrem tradicionalmente aos domingos, durante sete semanas depois da Páscoa. Num misto de profano e religioso, são celebradas em todas as ilhas dos Açores, com especial destaque na Ilha Terceira, onde o culto foi mais difundido. Têm o seu ponto culminante na sétima semana de celebração, quando ocorre um almoço, que é confecionado e distribuído pelos participantes (tradição que terá a sua origem na distribuição de pão aos pobres, pela Rainha Santa Isabel), no qual é servida a tradicional sopa do Espírito Santo – concorrente às 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa.
Também conhecida como sopa de carne, a receita difere de ilha para ilha, mas na sua base está sempre um caldo da cozedura de carnes, o pão duro e a  hortelã, que confere aroma e frescura à receita.

Ingredientes:

Sopa de Goulash (Hungria)

sopa goulash

A cozinha tradicional húngara é caracterizada essencialmente pelo uso da paprica e da carne. A sopa de Goulash (ou Gulyás), cozida tradicionalmente em grandes panelas ao ar livre e de sabor intenso e picante, é preparada com carne, paprica e legumes.
Trata-se da sopa equivalente ao tradicional Goulash, ao qual foram adicionados mais líquido e legumes.

Ingredientes:

Sopa de Casamento (Miranda do Corvo)

sopa de casamento (Miranda do Corvo)

Esta sopa é feita no concelho de Miranda do Corvo, com o aproveitamento do saboroso molho da chanfana, muito rico em gordura e nos vestígios de carne.  Tal como a chanfana, é cozinhada numa caçoila de barro, indo ao forno apurar.
A história desta sopa tradicional da cozinha de Miranda do Corvo prende-se com a do prato que lhe deu origem, tendo sido criada no decorrer das invasões francesas, época marcada pela escassez de recursos e que exigia que se fizesse um aproveitamento criterioso dos ingredientes. Até há algumas décadas atrás, a carne comia-se apenas em épocas especiais – festas e casamentos – e os legumes provenientes das hortas, assim como o pão, maioritariamente caseiro, eram os alimentos mais consumidos pelos portugueses. Assim, não se poderia desperdiçar quaisquer sobras de um prato de carne e, comida a Chanfana, fazia-se (como ainda se faz) a deliciosa Sopa de Casamento com o seu molho.
Manda a tradição que os noivos ofereçam o almoço aos convidados no dia seguinte ao casamento. Na época, como já não havia carne suficiente, fazia-se a sopa que se enfeitava com os pedaços de carne ainda disponíveis.

Ingredientes: