Pular para o conteúdo
Home » Azevias de Grão (Alentejo)

Azevias de Grão (Alentejo)

Compartilhe!

As azevias, tal como as filhós, são dos doces de Natal que têm uma presença mais marcante à mesa das famílias portuguesas. De todas, as azevias de grão são das mais apreciadas.

Esta receita regional, além do grão, inclui ingredientes como a amêndoa, que tornam o recheio ainda mais apetitoso.

Ingredientes:

  • 1 chávena de água
  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 colher (sopa) de suco de limão
  • 1 pitada de sal
  • 125 g de miolo de amêndoa
  • 2 tigelas de grão
  • 4 cascas de limão
  • 600 g de açúcar amarelo
  • 750 g de massa tenra
  • açúcar e canela p/ polvilhar

Confeção:

Esfregue os grãos demolhados para soltar as peles e leve-os a cozer em água temperada com sal até ficarem macios. Escorra e reduza-os a puré.

Prepare uma calda com o açúcar, a água e as cascas de limão e ferver aproximadamente 10 minutos, sendo que a calda deve ficar espessa).

Junte o polme de grão, o miolo de amêndoa e a canela.

Deixe apurar, mexendo sempre até fazer estrada (ao passar a colher, faz-se uma abertura, como se fosse uma estrada) e junte o suco de limão. Reserve.

Entretanto, estenda a massa tenra com um rolo e corte-a em rodelas.

Recheie com o doce já frio, feche os pastéis e espalme as beiras.

Frite as azevias em bastante azeite, até ficarem douradas dos dois lados. Polvilhe com açúcar e canela.

7 comentários em “Azevias de Grão (Alentejo)”

  1. Fiz azevias com a vossa receita, gostei mas aconteceu-me o que é habitual, umas vezes mais outras menos; ao estender, a massa encolhia e já com as azevias feitas aconteceu o mesmo. Tenho usado qualquer farinha de trigo. Haverá algum segredo para que a massa não encolha?
    Obrigada pela atenção

  2. Fiz e gostei muito. São muito parecidas com as que a minha Mae fazia. A difereça é que ela usava açúcar branco…ao fazer com o castanho altera um pouquinho o sabor, mas ficam muito boas na mesma! As medidas são um bocadinho ao gosto de cada uma de nós, até ajuda a personalizar a receita…experimentem que vale a pena…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *