Avançar para o conteúdo
Home » Como fazer Bacalhau à Gomes de Sá no Tacho?

Como fazer Bacalhau à Gomes de Sá no Tacho?

O bacalhau à Gomes de Sá é um dos pratos mais emblemáticos da culinária portuguesa, reverenciado por seu sabor inconfundível e pela simplicidade de seus ingredientes. Criado por José Luís Gomes de Sá, um comerciante de bacalhau do Porto, este prato rapidamente se tornou um ícone gastronômico, amado tanto por portugueses quanto por apreciadores da culinária lusitana ao redor do mundo.

Preparado com bacalhau dessalgado, batatas, cebolas, azeite e ovos, o bacalhau à Gomes de Sá é um exemplo perfeito de como ingredientes simples podem se transformar em uma refeição deliciosa e reconfortante. Cozinhado no tacho, o prato ganha uma textura única e uma fusão de sabores que é difícil de resistir.

A tradição de cozinhar bacalhau em Portugal remonta a séculos, sendo este peixe um dos pilares da dieta portuguesa. A versatilidade do bacalhau permite uma infinidade de preparações, mas o bacalhau à Gomes de Sá destaca-se por sua combinação equilibrada e saborosa, capaz de conquistar qualquer paladar. Este prato é frequentemente servido em ocasiões especiais e festas familiares, assim como a Sopa da Pedra Almeirim, reforçando a importância cultural e emocional que elas carregam.

Neste texto, vamos explorar a fascinante história do bacalhau à Gomes de Sá, suas curiosidades e alguns fatos interessantes que o cercam, além disso, responderemos a perguntas frequentes sobre esta receita tradicional, ajudando você a entender melhor o que torna este prato tão especial e como prepará-lo da maneira correta.

Receita de Bacalhau à Gomes de Sá no Tacho

Receita-de-bacalhau-á-gomes-de-sá

Receita de Bacalhau à Gomes de Sá no Tacho

Francisca Pereira
Descubra a história e o sabor do bacalhau à Gomes de Sá no tacho, um prato tradicional português que combina simplicidade e riqueza culinária.
Preparo 30 minutes
Cozimento 40 minutes
Tempo Total 1 hour 10 minutes
Refeição Acompanhamento, almoço, jantar, Prato Principal
Culinária Portuguesa
Serve 1 Porção
Calorias 716 kcal

Equipamento

  • 1 Tigela
  • 1 Colher de pau
  • 1 Panela
  • 1 Tacho

Ingredientes
  

  • 1 kg de bacalhau dessalgado e desfiado
  • 1 kg de batatas
  • 2 cebolas grandes picadas – aproximadamente 400g
  • 3 dentes de alho picados – aproximadamente 15g
  • 1 pimentão vermelho picado – aproximadamente 150g
  • 1 pimentão verde picado – aproximadamente 150g
  • 200 ml de azeite de oliva
  • 3 folhas de louro
  • 1 ramo de salsa picada – aproximadamente 10g
  • 4 ovos cozidos cortados em rodelas
  • Azeitonas pretas a gosto – aproximadamente 50g
  • Sal e pimenta a gosto

Instruções
 

  • Pré-Preparo
  • Dessalgar o Bacalhau: Se o bacalhau não estiver dessalgado, coloque-o de molho em água fria por 24 a 48 horas, trocando a água várias vezes.
  • Preparando o Bacalhau
  • Cozinhar o Bacalhau: Cozinhe o bacalhau em água fervente por cerca de 10 minutos.
  • Escorra, deixe esfriar e desfie em pedaços grandes, retirando pele e espinhas. Reserve.
  • Preparando as Batatas
  • Cozinhar as Batatas: Cozinhe as batatas com casca em água salgada até ficarem macias.
  • Descasque e corte em rodelas grossas. Reserve.
  • Preparando os Ingredientes
  • Refogar os Ingredientes: Em um tacho grande, aqueça o azeite de oliva e refogue a cebola, o alho e os pimentões até ficarem macios.
  • Adicionar o Bacalhau e as Batatas: Adicione o bacalhau desfiado e as batatas ao tacho.
  • Mexa delicadamente para não desmanchar as batatas.
  • Temperar: Adicione as folhas de louro, sal e pimenta a gosto.
  • Continue mexendo cuidadosamente para misturar os sabores.
  • Cozinhando no Tacho
  • Cozinhar: Reduza o fogo e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, mexendo ocasionalmente para que os sabores se integrem bem.
  • Finalização
  • Adicionar os Ovos e Azeitonas: Pouco antes de servir, adicione as rodelas de ovo cozido e as azeitonas pretas.
  • Decorar: Salpique com a salsa picada por cima para dar um toque final de sabor e cor.
  • Servir
  • Servir Imediatamente: Sirva o bacalhau à Gomes de Sá diretamente do tacho, acompanhado de um bom pão português e uma salada verde, se desejar.
Etiquetas bacalhau, gomes de sá, tacho

Dicas

  • Dessalgar: Lembre-se de dessalgar o bacalhau com antecedência, trocando a água várias vezes para remover todo o sal.
  • Mexer com Cuidado: Mexa os ingredientes com cuidado para não desmanchar as batatas e o bacalhau.
  • Azeite de Qualidade: Use um azeite de oliva extra virgem de boa qualidade para garantir o melhor sabor.

Sobre Bacalhau à Gomes de Sá

O bacalhau à Gomes de Sá nasceu no final do século XIX, criado por José Luís Gomes de Sá, um comerciante de bacalhau do Porto. Filho de um próspero negociante de bacalhau, Gomes de Sá cresceu rodeado por este ingrediente essencial da cozinha portuguesa. Em sua juventude, trabalhou em várias mercearias onde adquiriu profundo conhecimento sobre o bacalhau, o que o levou a experimentar novas formas de prepará-lo.

Gomes de Sá escreveu a receita original em um pedaço de papel e entregou-a a um amigo com instruções detalhadas. Curiosamente, ele enfatizou a importância de dessalgar o bacalhau adequadamente, além disso, recomendou que a água da última dessalga fosse ligeiramente salgada para manter o sabor característico do peixe.

Fatos Interessantes

Receita-de-bacalhau-a-gomes-de-sa-1
  1. Culinária Simples e Saborosa: A receita de Gomes de Sá é um exemplo de culinária simples e acessível, usando ingredientes comuns que estavam facilmente disponíveis no Porto durante o século XIX.
  2. Patrimônio Gastronômico: Hoje, o bacalhau à Gomes de Sá é considerado um patrimônio gastronômico de Portugal. Presente em cardápios de restaurantes tradicionais e também em celebrações familiares.
  3. Cozinha do Tacho: Cozinhar no tacho permite que todos os sabores se misturem de maneira harmoniosa, resultando em um prato de textura rica e sabor profundo.
  4. Versatilidade do Bacalhau: O bacalhau é conhecido como o “fiel amigo” dos portugueses. Devido à sua versatilidade e presença constante na mesa portuguesa, especialmente durante festividades religiosas como a Páscoa e o Natal.
  5. Influência Internacional: Este prato não apenas conquistou paladares em Portugal, mas também, em comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, como no Brasil e nos Estados Unidos.

Perguntas Frequentes

Posso usar bacalhau fresco em vez de dessalgado?

A receita tradicional exige bacalhau seco e dessalgado, isso porque o processo de secagem confere ao peixe uma textura e um sabor únicos, que são essenciais para o prato.

Quanto tempo leva para dessalgar o bacalhau?

O processo de dessalga pode levar de 24 a 48 horas, dependendo da espessura das postas de bacalhau. É importante trocar a água várias vezes durante este período.

Posso preparar o bacalhau à Gomes de Sá com antecedência?

Você pode preparar o prato com antecedência. E reaquecer antes de servir, na verdade, muitas pessoas acreditam que o sabor melhora ainda mais no dia seguinte.

Quais acompanhamentos combinam bem com este prato?

Você pode acompanhar o bacalhau à Gomes de Sá com uma salada verde simples, além de um pão português e um bom vinho branco.

O que fazer com as sobras?

Você pode armazenar as sobras na geladeira por até três dias. Quando for reaquecer, utilize fogo baixo ou o forno, além disso, adicione um pouco mais de azeite se necessário para manter o prato úmido.

Etiquetas:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recipe Rating