Tag Archives: receitas com vinho

Arroz de Lampreia (Ponte de Lima)

arroz de lampreia

A lampreia vive no mar,  mas desloca-se para os rios, para desovar, a partir de dezembro, sendo a sua pesca autorizada, no Rio Minho, normalmente a partir de 15 de Janeiro. É por isso que os meses entre fevereiro e abril são conhecidos, em termos gastronómicos, como os meses da lampreia.

O arroz de lampreia é uma das iguarias que se pode confecionar com este peixe controverso (amado por uns e detestado por outros), sendo um prato tipicamente minhoto. Existem algumas diferenças na confeção deste prato de peixe, sendo a de Ponte de lima muito semelhante à variante de Entre-os-Rios, caracterizando-se por levar presunto.

Cataplana à Algarvia

cataplana à algarvia

A cataplana é uma das receitas mais representativos da cozinha tradicional algarvia. Este prato aromático tem como ingredientes principais amêijoas, presunto, tamboril, alhos, cebolas e azeite, cozinhados numa cataplana, uma panela de cobre com uma tampa fixa, de origem árabe e característica na região do Algarve, que retém o sabor dos alimentos. Esta forma simples de cozinhar a vapor resulta num dos mais saborosos e apreciados pratos da região. Esta receita tradicional é uma das principais atrações do Festival do Marisco, em Olhão, um dos mais importantes eventos gastronómicos do Algarve. A cataplana é também um dos pratos típicos da região para celebrar a chegada do Ano Novo.

Ingredientes:

Arroz de Lampreia (Entre-os-Rios)

arroz de lampreia

Surgem cada vez mais novas formas de cozinhar a lampreia, mas as receitas tradicionalmente portuguesas são o arroz de lampreia, cujas receitas mais famosas são as do Minho, e a Lampreia à Bordalesa.

A receita de arroz de lampreia de Entre-os-Rios é uma das várias receitas minhotas deste prato tradicional, cuja principal particularidade é a inclusão de ingredientes como o  vinho maduro tinto, o presunto e o salpicão.

Polvo Guisado à moda do Faial (Açores)

polvo guisado

O polvo guisado é um dos pratos mais emblemáticos da cozinha tradicional açoriana, tendo uma confeção muito idêntica em todas as ilhas. Além do polvo guisado do Faial, a receita tradicional de S. Miguel é uma que ganha maior destaque na gastronomia do arquipélago, havendo poucas variações entre ambas. Todas as receitas de polvo guisado nos Açores levam malagueta na sua preparação, o que permite acentuar sabores, tornando este prato tradicional muito saboroso.

A par com o bacalhau, o polvo guisado é uma referência gastronómica do Natal açoriano, marcando presença quase obrigatória na ceia da Consoada. Tradicionalmente, o polvo guisado do Faial serve-se com batatas cozidas e pão de milho.

Carne de Vinha d’Alhos à Moda da Madeira

carne de vinha d'alhos

Esta receita tradicional de Natal, também designada Carne de Vinho e Alhos, é típica da região da Madeira. É consumida durante todo o ano, mas com maior incidência no Natal, sendo um dos principais pratos do arquipélago associados a esta quadra festiva, sobretudo ao almoço do dia 25 de dezembro.

Este prato tradicional de carne, de sabor intenso e avinagrado, deve ser preparado três dias antes da confeção, mantendo-se a carne a marinar na vinha d’alhos durante esse tempo. Pode ser confecionado de diversas formas, dependendo da sua apresentação à mesa.