Tag Archives: louro

Arroz de Lapas (Madeira)

arroz de lapas

A lapa é um molusco muito popular entre os ilhéus da Madeira, sendo servida à mesa como entrada de pratos de peixe ou apenas como petisco, a acompanhar vinho branco, verde ou mesmo cerveja. O arroz de lapas é um prato típico madeirense, muito apreciado pelos locais, mas sobretudo pelos turistas que o divulgam mundialmente.

Ingredientes:

Chester de Natal (Brasil)

chester de Natal

A ceia de natal está muito ligada às tradições familiares, havendo famílias que têm as suas próprias receitas para a ceia e outras que comem somente os pratos tradicionais desta época festiva, de acordo com a cultura do país. No Brasil, um dos pratos que tem vindo a ocupar um lugar de cada vez maior destaque na mesa de Natal é o chester, em parte por ser uma carne mais suculenta do que o peru.

Saiba como preparar um saboroso chester de Natal, cuja receita deve ser preparada de véspera, ficando a carne a marinar de um dia para o outro, a fim de absorver bem o sabor dos temperos da marinada.

Cabrito Assado à Transmontana

cabrito assado à transmontana

Trás-os-Montes é uma região de montanha, com uma fauna diversificada, onde a criação de gado caprino encontra excelentes condições ambientais para se desenvolver. Não é, pois, de estranhar que o cabrito seja uma das grandes referências da riquíssima cozinha transmontana, sendo uma das receitas tradicionais de Natal mais procuradas em Portugal.

Tradicionalmente, o cabrito era assado em forno a lenha, que ainda é muito utilizado na região, dando um sabor indiscutivelmente melhor a este prato de carne. Atualmente, os fornos elétricos e a gás ganham cada vez mais relevância, não anulando de forma alguma o aroma, paladar e qualidade característicos desta receita tradicional.
O cabrito é cortado em pedaços e assado no forno com batatas e castanhas.

Espetada Madeirense

espetada madeirense

A espetada madeirense é um prato da cozinha tradicional conhecido e apreciado aquém e além fronteiras de Portugal, assumindo designações diferentes consoante o país ou ingredientes utilizados. É o prato típico madeirense por excelência, sendo originalmnete confecionado com carne de vaca e em espetos do pau de loureiro. A carne para a confeção da espetada madeirense deve ser tenra e suculenta, com uma camada de gordura na parte exterior da peça.

Durante muito tempo estas espetadas só era servidas nos arraiais ou romarias madeirenses. Estas festas eram uma das raras oportunidades para que os populares pudessem comer carne de vaca, que devido ao seu custo só ia à mesa da população menos abastada, “de festa a festa”. Foi só nos anos 50 do séc. XX que esta espetada da gastronomia tradicional madeirense foi introduzida na restauração, pela mão de Francisco da Silva Freitas, na freguesia do Estreito de Câmara de Lobos, que instituiu o primeiro restaurante de espetadas na Madeira. Pelo facto de ter sido introduzida na restauração madeirense no Estreito de Câmara de Lobos, a origem desta espetada passou a estar ligada a este local, embora as suas origens sejam de cariz popular.

Pezinhos de Coentrada (Alentejo)

pezinhos de coentrada

Os pezinhos de coentrada são um dos muitos aperitivos de referência da riquíssimo cozinha tradicional alentejana. Como noutros comeres da região, também este prato transforma ingredientes simples em iguarias de eleição pelo prodígio dos alhos e dos coentros.

Este prato típico é geralmente servido sob a forma de sopas de pão, tão marcantes na  gastronomia do Alentejo. Existem várias formas de o preparar, algumas delas com carne de borrego, mas a receita original é feita com pezinhos de porco.