Pular para o conteúdo
Home » Tigeladas de Ferreira do Zêzere

Tigeladas de Ferreira do Zêzere

Compartilhe!

Existem na doçaria tradicional portuguesa diferentes receitas das famosas tigeladas, que variam consoante a região. As tigeladas à moda de Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém, são uma das mais afamadas receitas deste doce de origem conventual, que se popularizou por todo o país e que terá tido a sua origem no convento da Graça, em Abrantes.

Estes bolos devem o seu nome às tigelas de barro onde são cozidas.

Ingredientes:

  • 1 chávena (bem cheia) de farinha de trigo
  • 1 litro de leite
  • 4 ovos inteiros + 16 gemas
  • 500 g de açúcar
  • raspa de 1 limão

Confeção do modo Tradicional:

Ligue o forno a 220º C.

Bata muito bem (cerca de ½ hora à mão ou 10 minutos na batedeira elétrica) os ovos, as gemas e o açúcar com a raspa do limão, juntando a farinha a pouco e pouco. Note que, se bater os ingredientes à máquina, as tigeladas ficam mais rijas.

Adicione o leite e envolva bem.

Deite cuidadosamente o preparado em tigelas de barro não vidrado, bem quentes, tendo o cuidado de não as deixar demasiado cheias.

Leve as tigeladas a cozer, cerca de 25 minutos ou até estarem douradinhas.

Deixe arrefecer no forno com a porta entreaberta.

Preparação na Bimby:

Ligue o forno a 220º C.

Deite no copo o açúcar e a casca de limão. Triture 10 seg/ vel 9.

Acrescente as gemas e os ovos e programe 5 min/ 37º C/ vel 3.

Adicione a farinha e programar 10 seg/ vel 3.

Amasse durante 3 min/ vel 3 e adicione o leite, em fio, pelo bocal da tampa.

Deite cuidadosamente o preparado em tigelas de barro não vidrado, bem quentes, tendo o cuidado de não as deixar demasiado cheias.

Leve as tigeladas a cozer, cerca de 25 minutos ou até estarem douradinhas.

Deixe arrefecer no forno com a porta entreaberta.

NOTA:

As tigelas de barro têm de estar mesmo bem quentes quando deita o preparado nelas, pois é esse choque térmico que provoca a textura tipicamente esburacada das tigeladas. Para facilitar o processo, poderá pôr as tigelas a aquecer quando liga o forno.

SUGESTÃO:

Para aproveitar tão grande quantidade de claras, sugerimos dois bolos verdadeiramente deliciosos (clique no nome para ver as receitas): Bolo BrancoBolo em Camadas com Champanhe.

3 comentários em “Tigeladas de Ferreira do Zêzere”

  1. O português no seu melhor! Há sempre alguém para quem nada está bem. Parabéns ao site, aos seus gestores muito obrigado por darem a conhecer alguns dos nossos doces tradicionais. Muito obrigado e continuem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *