Tag Archives: azeitonas

Bacalhau à Brás

bacalhau à Brás

O bacalhau à Brás é um prato típico da cozinha portuguesa, de confeção simples, sendo um dos mais afamados pratos de bacalhau. A sua popularidade levou-o além fronteiras de Portugal, sendo também possível encontrá-lo em ementas espanholas, onde recebe a designação de “revuelto de bacalao a la portuguesa”.
A receita, feita com bacalhau desfiado, batata frita em palha, ovos mexidos e salsa, terá sido criada por um taberneiro do Bairro Alto, em Lisboa, de nome Braz. Devido à grafia do nome do seu autor, este prato também é conhecido como Bacalhau à Braz.

Ingredientes:

Bacalhau à Gomes de Sá

Bacalhau à Gomes de Sá

O Bacalhau à Gomes de Sá é uma receita da cozinha tradicional portuguesa, tendo recebido o nome do seu criador. É um prato de peixe, típico do norte de Portugal, criado por José Luís Gomes de Sá, um conhecido comerciante de bacalhau do Porto.

A receita é simples e relativamente rápida, sendo o bacalhau cortado em pequenas lascas marinadas em leite. Vai depois ao forno, com azeite, alho, cebola, sendo servido com azeitonas pretas, salsa e ovos cozidos.

Bacalhau à Zé do Pipo (Porto)

bacalhau à Zé do Pipo

O bacalhau à Zé do Pipo é um prato típico da cozinha portuguesa, mais concretamente da culinária tradicional do Porto. O nome da receita, por muitos considerado o melhor prato de bacalhau, deve o seu nome ao seu autor – Zé do Pipo, dono de um restaurante tradicional do Porto. A receita foi criado na década de 60 e obteve o 1º lugar num concurso da época, denominado “A melhor refeição ao melhor preço”.

Para confecionar este famoso prato de peixe, são necessários três ingredientes indispenséveis: lombos de bacalhau de excelente qualidade, maionese caseira e puré de batata, também caseiro. Após cozedura, o bacalhau é gratinado com os restantes ingredientes.

Prego no Prato

prego no prato

O prego é um prato tradicional da cozinha portuguesa, cuja receita é muito prática e simples de confecionar, podendo ser servido no prato ou no pão.
O prego no prato é muito semelhante ao bitoque, com a diferença de o pedaço de febra ser mais pequeno. É servido com bife de vaca, ovo, queijo, fiambre ou presunto e acompanha com batata frita.

Ingredientes:

Peru Recheado à moda do Alentejo

peru recheado

O Alentejo é uma região repleta de tradições e a riquíssima cozinha alentejana, considerada uma das mais marcantes de Portugal, é uma autêntica arte de sabores e aromas. Durante muitos séculos foram criadas e confecionadas receitas com base em produtos  regionais, tendo sido transmitidas ao longo de várias gerações. Estas receitas tradicionais chegam até nós, mais do que um legado gastronómico, como um verdadeiro testemunho cultural da vida e costumes do Alentejo.

O peru recheado é presença habitual na mesa de Natal, época em que, tradicionalmente, se preparam pratos mais elaborados. Nesta receita, o peru é duplamente recheado, dando origem a um prato vistoso e farto, com ingredientes típicos do Alentejo, que dão um toque especial à ceia de Natal. O peito é recheado com ingredientes como carne de porco e vaca, e a barriga com uma mistura de batata, azeitona e especiarias, não precisando o prato de ser servido com outro acompanhamento senão uma salada ou legumes cozidos.