Pular para o conteúdo
Home » Clarinhas de Fão

Clarinhas de Fão

Compartilhe!

As famosas Clarinhas de Fão são um doce regional de origem conventual, marco gastronómico da vila que lhes dá o nome, no concelho de Esposende.

Gemas de ovos, chila e açúcar são os condimentos essenciais para as confecionar. Uma massa fina e estaladiça envolve o recheio deliciosamente cremoso, tornando estes doces regionais em algo verdadeiramente único e irresistível.

Ingredientes:

Para a massa
  • 250 ml de leite
  • 3 colheres (sopa) bem cheias de manteiga
  • 400 g de farinha de trigo
  • sal fino q.b.
  • sumo de ½ limão
  • açúcar p/ polvilhar
Para o recheio

Confeção:

Amasse muito bem a farinha com a manteiga e o leite, uma pitada de sal fino e o sumo de limão. Ao amassar, bata a massa para que fique bem ligada.

Coloque o preparado num recipiente polvilhado de farinha e tape, deixando repousar cerca de 30 minutos.

Entretanto, prepare o recheio.

Coloque o doce de chila num tacho, juntamente com os ovos batidos e o açúcar.

Mexa muito bem e leve ao lume brando, misturando sempre com a colher de pau para não queimar.

Quando engrossar o suficiente para poder ser trabalhado, retire o recheio do lume, deite numa taça e deixe arrefecer.

Estenda porções de massa o mais finas possível. Deite no centro destas 1 colher (sobremesa) de recheio e dobre. Corte com o formato de rissóis.

Frite as clarissas em óleo quente. Escorra-as um pouco e passe-as por açúcar (granulado, ou em pó) para ficarem com o seu aspeto característico.

8 comentários em “Clarinhas de Fão”

  1. fernando jorge da costa santos

    Adoro ter novas receitas de doces e de os confencionar, porque, além de eu ser pasteleiro, adoro fazê-los.

  2. Gostaria de colocar uma questão.
    A massa é feita em frio, ou seja juntamos à massa o leite e a manteiga em frio?
    Deitamos de uma só vez a farinha ou vamos adicionando?

    Att.,
    Rui Pinto (VC)

  3. ana maria gonçalves soares

    A massa das verdadeiras Clarinhas de Fão não são feitas com leite, mas sim com agua. Depois são fritas em banha e redenho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *