Avançar para o conteúdo
Home » Como fazer Arroz de Polvo Malandrinho?

Como fazer Arroz de Polvo Malandrinho?

arroz-polvo-malandrinho

Um Mergulho nos Sabores do Mar!

Um prato que traz todo o sabor do mar diretamente para a sua mesa, combinando a suculência do polvo com o conforto do arroz.

Esta receita de Arroz de Polvo promete ser uma experiência culinária memorável, perfeita para surpreender sua família e amigos.

Além de ser uma opção saudável, o arroz de polvo malandrinho é fácil de preparar e garantido para aquecer corações.

Se você está procurando por uma receita que combine tradição e sabor, venha conosco nesta jornada gastronômica e descubra como transformar ingredientes simples em uma refeição extraordinária.

Ingredientes:

  • 800 g de polvo congelado
  • Água q.b.
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • 1 folha de louro
  • 3 cenouras médias
  • 3 tomates maduros
  • 250 g de arroz carolino
  • 1 colher de chá de sal
  • ½ limão
  • 2 colheres de sopa de salsa picada
  • 1 colher de sopa de vinagre
  • 1 embalagem de mistura de alface fresca

Preparação:

  1. Coza o polvo ainda congelado em água por 20 minutos em lume brando.
  2. Refogue a cebola e alho picados em azeite com louro. Adicione as cenouras em cubos e o tomate sem pele e sementes, cortado em cubos. Cozinhe por 10 minutos.
  3. Adicione ao tacho 8 dl de água fervente. Corte o polvo em pedaços e adicione ao caldo com o arroz. Cozinhe por 15 minutos. Tempere com limão e salsa.
  4. Sirva acompanhado de alface temperada com azeite e vinagre.

Perguntas Frequentes:

Posso usar polvo fresco em vez de congelado?

Sim, o polvo fresco pode ser utilizado, ajustando o tempo de cozimento conforme a necessidade.

É necessário retirar a pele do polvo após a cozedura?

Não é essencial, mas pode ser feito conforme a preferência pessoal.

Posso substituir o arroz carolino?

Sim, porém o arroz carolino é ideal para esse prato devido à sua capacidade de absorção e cremosidade.

Como posso garantir que o polvo fique macio?

O segredo está em cozinhar o polvo lentamente e em baixa temperatura.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *