Natal e Ano Novo

Peru Recheado à moda do Alentejo

peru recheado

O Alentejo é uma região repleta de tradições e a riquíssima cozinha alentejana, considerada uma das mais marcantes de Portugal, é uma autêntica arte de sabores e aromas. Durante muitos séculos foram criadas e confecionadas receitas com base em produtos  regionais, tendo sido transmitidas ao longo de várias gerações. Estas receitas tradicionais chegam até nós, mais do que um legado gastronómico, como um verdadeiro testemunho cultural da vida e costumes do Alentejo.

O peru recheado é presença habitual na mesa de Natal, época em que, tradicionalmente, se preparam pratos mais elaborados. Nesta receita, o peru é duplamente recheado, dando origem a um prato vistoso e farto, com ingredientes típicos do Alentejo, que dão um toque especial à ceia de Natal. O peito é recheado com ingredientes como carne de porco e vaca, e a barriga com uma mistura de batata, azeitona e especiarias, não precisando o prato de ser servido com outro acompanhamento senão uma salada ou legumes cozidos.

Chester de Natal (Brasil)

chester de Natal

A ceia de natal está muito ligada às tradições familiares, havendo famílias que têm as suas próprias receitas para a ceia e outras que comem somente os pratos tradicionais desta época festiva, de acordo com a cultura do país. No Brasil, um dos pratos que tem vindo a ocupar um lugar de cada vez maior destaque na mesa de Natal é o chester, em parte por ser uma carne mais suculenta do que o peru.

Saiba como preparar um saboroso chester de Natal, cuja receita deve ser preparada de véspera, ficando a carne a marinar de um dia para o outro, a fim de absorver bem o sabor dos temperos da marinada.

Alcatra à Moda dos Açores

alcatra à moda dos Açores

A alcatra é um prato da cozinha tradicional açoriana e, embora seja um prato de referência durante todo o ano, ganha especial destaque na ceia de Natal. Nesta época festiva, a gastronomia açoriana prima pela confeção de carnes, que substituem as receitas tradicionais de bacalhau, muito usuais no continente.

Este prato de carne é acompanhado com a massa sovada típica das cozinha tradicional do Açores ou, na sua falta, fatias de pão de mistura tostado, que se vão embebendo no molho. No entanto, a alcatra também pode ser acompanhada com arroz, batata cozida ou inhame.

Cabrito Assado à Transmontana

cabrito assado à transmontana

Trás-os-Montes é uma região de montanha, com uma fauna diversificada, onde a criação de gado caprino encontra excelentes condições ambientais para se desenvolver. Não é, pois, de estranhar que o cabrito seja uma das grandes referências da riquíssima cozinha transmontana, sendo uma das receitas tradicionais de Natal mais procuradas em Portugal.

Tradicionalmente, o cabrito era assado em forno a lenha, que ainda é muito utilizado na região, dando um sabor indiscutivelmente melhor a este prato de carne. Atualmente, os fornos elétricos e a gás ganham cada vez mais relevância, não anulando de forma alguma o aroma, paladar e qualidade característicos desta receita tradicional.
O cabrito é cortado em pedaços e assado no forno com batatas e castanhas.

Sopa de Peixe – Halászlé (Hungria)

Sopa de Peixe - Halászlé (Hungria)

Halászlé é uma sopa picante de peixe com paprica, tomate, pimento e cebola. Tradicionalmente, a sopa é feita em caldeirões grandes, ao ar livre. Esta sopa de peixe é um dos pratos tradicionais que constam na ementa da ceia de Natal.

A Hungria é um país com uma grande riqueza gastronómica, contando com pratos condimentados e deliciosos que, de modo geral, são saborosos, saudáveis e nutritivos. As sopas, de carne ou de peixe, são muito apreciadas e de sabor intenso, sendo o Halászlé (a par do Goulash e do Jokai Bableves) uma das mais apreciadas da cozinha tradicional húngara.