Lampreia à Bordalesa (Minho)

lampreia à bordalesa

Vendida a preços elevados, a lampreia é tida como uma iguaria requintada. Apesar dos problemas de poluição, as lampreias ainda vêm desovar nos rios de Portugal, particularmente no Minho, no Douro e no Tejo, apesar das acentuadas migrações desta espécie dwe peixe atualmnete em declínio. Fevereiro, março e abril são conhecidos como os meses da lampreia, que vem para os nossos rios a partir de dezembro.

A lampreia à bordalesa, a par do arroz de lampreia, é um dos pratos de eleição em que este peixe é o ingrediente principal. Esta receita em concreto, consiste num guisado, sendo a lampreia acompanhada também de arroz. A receita teve origem em França, na região de Bordéus – daí a designação bordalesa. Em Portugal, a receita sofreu alterações, tendo sido os alhos franceses substituídos por uma maior quantidade de cebolas, e o vinho de Bordéus por vinho da região.

Ingredientes:

  • 1 dente de alho
  • 1 lampreia
  • 1 ramo de salsa
  • 2 cebolas
  • 200 ml de azeite
  • 400 g de pão torrado, em fatias
  • grãos de pimenta q.b.
  • sal q.b.

Confeção:

Arranje a lampreia, retire-lhe o sangue (que será para reservar) e corte-a em postas.

Faça um refogado ligeiro com as cebolas picadas, o dente de alho, também picado, e o azeite. Junte as postas de lampreia no refogado, a salsa, a pimenta e sal. Deixe estufar.

Cubra o fundo de uma travessa com o pão torrado e, quando a lampreia estiver pronta, disponha-a sobre o mesmo. Regue com o molho e acompanhe com arroz.

Se fizer esta receita, mande-nos a sua foto para o email admin@cozinhatradicional.com e nós faremos a divulgação com a indicação da sua autoria.