Pular para o conteúdo
Home » Bolo da Madre Joana (Estremoz)

Bolo da Madre Joana (Estremoz)

Compartilhe!

Este bolo integra o receituário do Convento das Maltezas de Estremoz (ou Convento de São João da Penitência), que foi sede de clausura de freiras da Ordem de Malta a partir do séc. XVI.

Atualmente, as instalações deste antigo convento alentejano são propriedade da Misericórdia de Estremoz, funcionando aí um pólo da Universidade de Évora e, na ala sul, o Centro de Ciência Viva de Estremoz, um museu interativo e pedagógico, dedicado exclusivamente à Geologia.

O bolo não leva farinha, sendo as amêndoas e o pão ralado que asseguram a consistência da massa.

Ingredientes:

  • 1 colher (café) de canela
  • 1 kg de açúcar
  • 18 ovos
  • 250 g de pão ralado
  • 500 g de amêndoas raladas
  • raspa de ½ limão

Confeção:

Bata 500 g de açúcar com os ovos.

Leve o restante açúcar ao lume, com água, a fazer ponto de pasta (101º C, a calda escorre da colher, deixando uma leve camada aderente).

Junte as amêndoas, o pão, o limão e a canela.

Acrescente os ovos batidos e deixe ferver um pouco.

Deite o preparado numa forma untada e polvilhada com farinha.

Leve a cozer em forno brando, para o bolo cozinhar lentamente.

1 comentário em “Bolo da Madre Joana (Estremoz)”

  1. Pretendo fazer esta receita, vou fazer apenas 1/4 da receita, pois, para os dias de hoje acredito ser o suficiente para famílias pequenas.
    Aproveito a oportunidade para perguntar-lhes como faço para mandar uma receita regional de mi país de origem é uma receita original do país onde praticamente me criei. Ontem tentei e não consegui.

    De antemão muito obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *