Tag Archives: chouriço

Cozido das Furnas (Ilha de S. Miguel)

cozido das Furnas (Ilha de S. Miguel)

Este é um dos pratos tradicionais mais emblemáticos da ilha de S. Miguel, nos Açores, sendo cozido nas caldeiras naturais da Lagoa das Furnas.
Para o confecionar, os vários ingredientes são colocados numa panela, que é submersa na terra junto às caldeiras, sendo cozinhado pelo calor natural emanado da atividade vulcânica.
Aqui descrevemos a forma tradicional de confecionar a receita. No entanto, provavelmente não residirá nos Açores, junto às caldeiras naturais das Furnas, pelo que terá de adaptar a preparação do cozido à sua realidade. Deste modo, poderá colocar o tacho no forno a lenha ou, na falta deste, no forno elétrico. É claro que a receita não ficará com o sabor característico de quando é confecionada na ilha, em que sobressai um certo paladar a enxofre, próprio das matérias vulcânicas, mas não deixará de ser um cozido à moda das Furnas…

Ingredientes:

Caldo de Cascas (Trás-os-Montes)

calso de cascas

O caldo de cascas é o nome dado a uma sopa tradicional transmonatana, cuja designação provém do feijão-verde seco ao sol, regionalmente denominado cascas ou casulas. O regime alimentar típico dos transmontanos inclui pratos consistentes, com sabor e aroma fortes, capazes de retemperar forças para os trabalhos nos campos. Esta sopa (que na região se designa caldo) foi também uma forma de enfrentar o frio rigoroso do inverno, sendo tradicionalmente confecionada nessa época do ano.

Na sua confeção entram produtos regionais como a carne fumada (linguiça, salpicão, chouriço ou presunto), temperados com sal e azeite, adicionando-se por fim as batatas e as cascas.

Arroz de Lampreia (Viana do Castelo)

arroz de lampreia

Apreciada desde o Império Romano, a lampreia é o ingrediente principal de pratos tradicionais em diferentes pontos de Portugal, sendo o arroz de lampreia do Minho um dos mais afamados. Mesmo nesta região do país existem diversas variantes, apenas com ligeiras diferenças entre si.

As receitas regionais de Viana do Castelo e de Esposende são muito idênticas, caracterizando-se por ambas levarem vinho verde e chouriço. A diferença entre a forma de cozinhar a lampreia nestas duas cidades minhotas é que em Viana se usa maioritariamente o vinho branco (que não pode ser doce) e em Esposende usa-se sobretudo o vinho verde tinto.

Sopa de Castanhas (Arganil)

sopa de castanhas

A sopa de castanhas é uma receita consistente e saborosa, ideal para servir nos dias mais frios do outono e inverno. Das várias receitas existentes em Portugal, a de Arganil destaca-se pela presença dos enchidos, que são o ex-libris da região e dão um sabor único a esta sopa tradicional.

Ingredientes:

Arroz de Lampreia (Esposende)

arroz de lampreia
O arroz de lampreia é uma receita tradicional portuguesa, tendo algumas variantes regionais pouco significativas. O arroz de lampreia à moda de Esposende, tal como o de Viana do Castelo, leva vinho verde e chouriço na sua confeção; no entanto, em Esposende, é utilizado maioritariamente o vinho verde tinto, enquanto em Viana é o branco.