Tag Archives: margarina

Empada de Coelho Bravo com Arroz de Pinhão e Passas (Alentejo)

empada de coelho bravo com arroz de pinhão e passas

Este prato tradicional de caça, típico do Alentejo, é preparado a partir do coelho bravo e da utilização de ingredientes disponíveis na zona, como é característico na gastronomia alentejana.

O coelho deve ser arranjado e cozido preferencialmente na véspera da confeção do prato, ficando a absorver os temperos durante a noite, o que o deixa muito tenro. O resultado final é uma maravilhosa e apelativa combinação de sabores e texturas.

Ingredientes:

Sopa de Castanhas (Trás-os-Montes)

sopa de castanhas

Fácil de preparar e muito saborosa, a sopa de castanhas é ideal para comemorar o São Martinho, no dia 11 de novembro, ou para aproveitar estes frutos típicos do outono. Em Portugal, existem variantes regionais desta sopa marcadamente outunal, sendo mais ou menos consistentes; a receita de Trás-os-Montes não leva carne, enquanto que receitas como a de Arganil ou da Madeira já levam.

Ingredientes:

Polvo Assado no Forno (Açores)

polvo assado no forno à moda dos Açores

O polvo é um alimento de excelência em termos nutricionais e nas utilidades culinárias que lhe podemos dar – cozido, frito, guisado, grelhado ou estufado, liga-se na perfeição aos demais ingredientes, criando pratos deliciosos. Mas, apesar de ter uma grande expressão na cozinha portuguesa, de serem várias as formas de o confecionar, da sua presença marcante (de norte a sul do país) na ceia da Consoada, as receitas de polvo que têm maior relevância gastronómica são as dos Açores. Exemplo disso é esta receita, que representou o arquipélago na eleição das 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa, na categoria dos pratos de peixe, tendo sido uma das finalistas.

O polvo assado no forno é confecionado em todas as ilhas dos Açores, de diversas formas, mas foi em Ponta Delgada, nas décadas 50 e 60 do séc. XX, que a receita adquiriu o estatuto que lhe permitiu tornar-se um ex-libris gastronómico, sendo um prato de referência na ceia de Natal.

Pato com Mel e Puré de Maçã (Polónia)

pato com mel e puré de maçã

Os polacos dão muita importância às refeições e, por isso, dedicam-se na preparação dos seus pratos. A culinária da Polônia é rica, substancial e relativamente alta em gorduras, mas igualmente irresistível. Baseada na carne de porco e na batata, a gastronomia polaca também inclui aves, legumes e verduras, abusando nas ervas aromáticas, que deixam os pratos com uma aparência fresca e apetitosa. A Polónia é o maior produtor de maçãs da Europa e, por isso, este é um ingrediente comum em muitas receitas tradicionais polacas.

Este prato é uma das receita tradicionais de Natal do país. O mel dá à carne um sabor agridoce e o contraste de sabores e texturas com o puré de maçã torna a receita muito especial. Experimente e verá que não se vai arrepender!…

Arroz de Marisco

arroz de marisco

O arroz de marisco é um prato tradicional da cozinha portuguesa, típico das zonas costeiras. Como o próprio nome indica, trata-se de um prato feito à base de vários tipos de marisco, nomeadamente amêijoas, camarão, berbigão, mexilhão, lagosta e sapateira. Há pequenas variações regionais da receita, marcadas sobretudo pelas diferentes combinações do marisco utilizado. A sua origem, porém, terá sido na na praia da Vieira de Leiria, na região centro do país. Uma das características desta receita é servir o arroz ainda a fervilhar, no tradicional tacho de barro onde foi cozinhado.

Dos vários pratos da cozinha tradicional portuguesa que têm o marisco como ingrediente principal, esta é a mais famosa aquém e além fronteiras de Portugal, tendo sido inclusive um dos vencedores das 7 Maravilhas da Gastronomia. Para o confecionar, começa-se por cozer os mariscos e fazer um refogado que pode levar alho, tomate, cebola e azeite. Em seguida, é-lhe acrescentado o caldo da cozedura do marisco, onde é cozido o arroz para que os sabores não se percam. Por norma, também se adiciona vinho branco. Quando o arroz estiver quase cozido, são adicionados os mariscos e coentros picados, ingrediente típico da cozinha portuguesa, que confere à receita um aroma e sabor únicos. Deve servir-se o arroz de marisco bem aguado, pois se ficar seco pode-se perder o sabor típico deste prato.