Tag Archives: Trás-os-Montes

Caldo de Cascas (Trás-os-Montes)

calso de cascas

O caldo de cascas é o nome dado a uma sopa tradicional transmonatana, cuja designação provém do feijão-verde seco ao sol, regionalmente denominado cascas ou casulas. O regime alimentar típico dos transmontanos inclui pratos consistentes, com sabor e aroma fortes, capazes de retemperar forças para os trabalhos nos campos. Esta sopa (que na região se designa caldo) foi também uma forma de enfrentar o frio rigoroso do inverno, sendo tradicionalmente confecionada nessa época do ano.

Na sua confeção entram produtos regionais como a carne fumada (linguiça, salpicão, chouriço ou presunto), temperados com sal e azeite, adicionando-se por fim as batatas e as cascas.

Feijoada à Transmontana (Valpaços)

feijoada à transmontana (Valpaços)

Este prato tradicional da cozinha portuguesa é típica de Valpaços, na região de Trás-os-Montes, norte de Portugal. Os seus ingredientes principais são feijão vermelho, carne de porco e enchidos. Normalmente, a feijoada é acompanhada com arroz branco.

Em Valpaços, a feijoada está tradicionalmente associada ao almoço do Domingo Gordo, imediatamente antes do Carnaval. Por norma, começa-se a preparar a refeição de manhã bem cedo, para permitir retirar a feijoada do lume e reaquecê-la antes de servir, pois prefere-se reaquecida.

Sopa de Castanhas (Trás-os-Montes)

sopa de castanhas

Fácil de preparar e muito saborosa, a sopa de castanhas é ideal para comemorar o São Martinho, no dia 11 de novembro, ou para aproveitar estes frutos típicos do outono. Em Portugal, existem variantes regionais desta sopa marcadamente outunal, sendo mais ou menos consistentes; a receita de Trás-os-Montes não leva carne, enquanto que receitas como a de Arganil ou da Madeira já levam.

Ingredientes:

Peru Assado no Forno (Valpaços)

peru assado no forno

O peru, que tem uma carne deliciosa e saudável, pode ser feito cozido, frito, grelhado, mas principalmente assado. Esta é uma das mais tradicionais receitas natalícias em Portugal, a par com o bacalhau e o polvo guisado ou assado no forno. Em muitas casas, come-se o bacalhau ao jantar, sendo o peru servido à ceia.

Oriunda de Valpaços, esta receita é um ícone da cozinha tradicional de toda a  região de Trás-os-Montes. O peru é temperado com limão e recheado com um preparado à base de presunto e pão, sendo servido com arroz, feito com os miúdos da ave.

Posta Mirandesa (Trás-os-Montes e Alto Douro)

posta mirandesa

A posta mirandesa é uma receita de excelência da cozinha tradicional transmontana. Feita à base da carne de vitela da região, marcada pela sua qualidade internacionalmente reconhecida, é um dos pratos de origem popular que rapidamente atingiu notoriedade aquém e além fronteiras de Portugal.

A receita teve a sua origem nas feiras de gado que se realizavam por todo o distrito de Bragança, sendo inicialmente temperada somente com sal grosso que era lançado sobre sobre os nacos de carne, dispostos sobre uma grelha bem quente. A posta de carne era depois servida sobre um pedaço de pão caseiro, sendo saboreada com o molho que ia libertando no pão.