Tag Archives: azeite

Arroz de Lingueirão (Algarve)

arroz de lingueirão

A gastronomia algarvia tem por base peixe, marisco e produtos do campo, maioritariamente confecionados em cataplanas, guisados ou grelhados. O arroz de lingueirão é um dos pratos tradicionais do Algarve que servem de referência à gastronomia regional, sendo mesmo conhecido aquém e além fronteiras de Portugal – em muito graças ao turismo algarvio.

Associados ao lingueirão, os coentros, o pimento, o louro, o cravinho e o vinho são ingredientes que dão a este prato um aroma e sabor únicos.

Sopa de Feijão – Jokai Bableves (Hungria)

jokai bableves (Hungria)

Esta sopa de feijão está entre os pratos mais populares e apreciados da cozinha tradicional húngara. Trata-se de uma sopa consistente, rica em gordura e muito saborosa, ideal para os dias frios de inverno. É feita à base de feijão, carne, legumes, temperada com a tradicional paprica e regada com natas.
A receita deve o seu nome ao reconhecido romancista húngaro do séc. XIX, Mór Jókai, por ser um admirador incondicional desta sopa. Assim, a tradução portuguesa exata deste prato tradicional será Sopa de Feijão à moda de Jokai.

Ingredientes:

Bacalhau à Zé do Pipo (Porto)

bacalhau à Zé do Pipo

O bacalhau à Zé do Pipo é um prato típico da cozinha portuguesa, mais concretamente da culinária tradicional do Porto. O nome da receita, por muitos considerado o melhor prato de bacalhau, deve o seu nome ao seu autor – Zé do Pipo, dono de um restaurante tradicional do Porto. A receita foi criado na década de 60 e obteve o 1º lugar num concurso da época, denominado “A melhor refeição ao melhor preço”.

Para confecionar este famoso prato de peixe, são necessários três ingredientes indispenséveis: lombos de bacalhau de excelente qualidade, maionese caseira e puré de batata, também caseiro. Após cozedura, o bacalhau é gratinado com os restantes ingredientes.

Massa de Malagueta

malaguetas

A massa de malagueta é um tempero forte, marcadamente picante, muito frequente na gastronomia açoriana,  especialmente na ilha de S. Miguel. Esta iguaria acompanha quase todos pratos tradicionais açorianos, chegando mesmo ser servida simplesmente com batata cozida ou ovos.
No continente nem sempre é fácil de encontrar, pelo que é ótimo ter a receita caseira para poder fazer a massa em casa. Mesmo as que se encontram à venda não têm o sabor e intensidade caracteristicamente caseiros, sendo esta muito mais picante do que a de compra.
A massa de malagueta não deve ser confundida com massa de pimentão, muito usada no continente, sendo muito mais intensa e picante. Para a massa de pimentão se aproximar da de malagueta, dever-lhe á ser adicionado piri-piri.

Ingredientes:

Feijoada de Javali (Trás-os-Montes e Alto Douro)

feijoada de javali

Feijoada de javali é um prato de caça que existe em diferentes regiões de Portugal, apresentando pequenas variantes na receita decorrentes das tradições gastronómicas de cada uma delas. Este prato particularmente é oriundo do distrito de Bragança, no nordeste Transmontano, com grande incidência na Serra de Montesinho, onde se pratica a caça ao javali. Este tipo de caça grossa está, no entanto, confinada a algumas coutadas e só os sócios podem participar.

A carne de javali é escura e muito apreciada por quem a prova, caracterizando-se por não ter muita gordura, ser praticamente isenta de colesterol e bastante rica em proteínas e sais minerais. No entanto, a carne do macho tem, normalmente, um sabor muito intenso, pelo que é necessária uma boa preparação e aplicação de temperos.