Tag Archives: batata

Tortilha à Espanhola

tortilha à espanhola

Esta tortilha (conhecida em Espanha como tortilla de patatas) é, juntamente com a Paella,  um dos pratos mais emblemáticos da cozinha tradicional espanhola.
A receita, preparada com ingredientes muito acessíveis, próprios da economia de subsistência, é muito simples de confecionar, sendo também muito versátil. Dourada por fora e húmida por dentro, a tortilha pode ser consumida quente, fria ou morna, servida ao pequeno-almoço, ao lanche ou simplesmente como petisco. Pode ainda ser servida como prato principal se for acompanhada com uma salada.

A tortilha é feita unicamente com batatas, cebolas, ovos, azeite e sal. Foram, no entanto, desenvolvidas diversas variações regionais da receita tradicional: com e sem cebola, com pimento verde e vermelho, com presunto…

Escalopes à Moda de Viena (Áustria)

escalopes à moda de Viena

Wiener schnitzel é a designação tradicional deste prato de carne, um dos mais conceituados da gastronomia austríaca. No Brasil, é conhecido como Bife à Milanesa, sendo que, em português, de uma forma geral, é designado simplesmente “panado” ou “panadinho”.

Pensa-se que o prato tenha tido origem em Bizâncio, uma cidade da Grécia Antiga, tendo a receita sido levada para a Península Ibérica por comerciantes árabes durante a Idade Média e, posteriormente, para a Itália. No século XV, os habitantes de Veneza ostentavam a sua riqueza colocando grãos de ouro sobre a comida. No entanto, surgiu uma lei a proibi-lo e, a partir de então, o ouro passou a ser substituído pelo pão ralado, que se mantém até aos dias de hoje.

Polvo Guisado à moda de S. Miguel (Açores)

polvo guisado

Saiba como confecionar este prato tradicional da cozinha açoriana, um dos mais representativos da gastronomia do arquipélago, ocupando um lugar de destaque à mesa na ceia de Natal. O polvo guisado pode ser servida como prato principal, sendo acompanhada com batata ou arroz branco, ou como petisco.

Nos Açores, o polvo saboreia-se guisado ou estufado em vinho tinto ou de cheiro, e leva sempre malagueta. Também se serve polvo assado, sendo menos comum encontrar receitas de polvo cozido, variante pouco apreciada nas ilhas açorianas. A receita tem pequenas variações relativamente ao polvo guisado da ilha do Faial, sendo ambos muito apetitosos.

Cozido à Portuguesa

cozido à portuguesa

Cozido à Portuguesa é um dos pratos de referência na cozinha tradicional portuguesa, muito apreciado aquém e além fronteiras. A receita é feita à base um cozido de carnes, enchidos, legumes e vegetais variados, criando um prato colorido, aromático e muito saboroso. No seu todo, é um prato intenso e rico, ideal para os dias frios do Inverno.

No que diz respeito aos legumes e vegetais, por norma cozem-se feijões, batatas, cenouras, nabos, couves e hortelã. Nas carnes, encontram-se uma mistura de carnes de ave, porco e vaca – frango ou galinha, entrecosto, entremeada, orelha e chispe de porco e carne de vaca. Os enchidos típicos são o chouriço (de carne e de sangue), a farinheira e a morcela.

Cataplana à Algarvia

cataplana à algarvia

A cataplana é uma das receitas mais representativos da cozinha tradicional algarvia. Este prato aromático tem como ingredientes principais amêijoas, presunto, tamboril, alhos, cebolas e azeite, cozinhados numa cataplana, uma panela de cobre com uma tampa fixa, de origem árabe e característica na região do Algarve, que retém o sabor dos alimentos. Esta forma simples de cozinhar a vapor resulta num dos mais saborosos e apreciados pratos da região. Esta receita tradicional é uma das principais atrações do Festival do Marisco, em Olhão, um dos mais importantes eventos gastronómicos do Algarve. A cataplana é também um dos pratos típicos da região para celebrar a chegada do Ano Novo.

Ingredientes: