Tag Archives: puré de batata

Caldo Verde Tradicional

caldo verde

O caldo verde é uma sopa tradicional portuguesa que, embora com algumas variações, é transversal às diversas regiões de Portugal. Independentemente de levar chouriço ou salpicão, de ser acompanhada com broa ou servida simples, o que é genuíno no caldo verde é a forma característica de cortar muito finamente a folha da couve (tradicionalmente couve portuguesa), sendo esta adicionada a um saboroso puré de batata e condimentada com azeite.

Ingredientes:

Caldo Verde com Linguiça Calabresa

caldo verde

 O caldo verde é uma sopa tradicional portuguesa, feita habitualmente com chouriço. Esta receita em concreto é uma variante do caldo verde tradicional, sendo o chouriço substituído por linguiça calabresa e sendo também utilizado um caldo de carne para intensificar o sabor.

Ingredientes:

Batatas Duchesse (França)

batatas duchesse

As batatas duchesse, com origem na cozinha francesa, são uma ótima forma de fazer um aproveitamento de batatas, dando um aspeto requintado ao prato que acompanham, maioritariamente de carne. Estas batatas são muito simples de confecionar e ficam deliciosas, levemente crocantes por fora e cremosas por dentro.

A receita é muito antiga, tendo sido criadas em homenagem a Maria Antonieta (1755-1793), arquiduquesa da Áustria e rainha consorte de França e Navarra. O formato dado ao puré da batata é uma alusão ao penteado alto e ondeado da duquesa. Há registos de que já seriam feitas em 1890 por Auguste Escoffier, cozinheiro de renome mundial que popularizou a cozinha francesa. Nos anos 60 do séc. XX, as batatas duchesse eram muito populares em jantares chiques e festas de casamento.

Gnocchi (Itália)

gnocchi

O  gnocchi, também designado no Brasil nhoque ou inhoque, é um prato tradicional italiano, amplamente difundido em todo o mundo.
Trata-se de um acompanhamento de um prato principal, preparado à base de batata ou farinha de trigo.
A receita é muito antiga e teve origem no norte de Itália, tendo sido difundida pelos romanos durante o império. No início, era feito à base de água e semolina, Somente por volta de 1700 é que a batata foi introduzida e talvez tenha sido ela a responsável pela popularização do prato. Mais tarde, foram introduzidas novas versões, preparadas com abóbora, espinafre e mandioca.
A cozedura do gnocchi é rápida e, embora o prato seja feito com ingredientes simples, a receita tem alguns segredos para ficar no ponto. Precisará sobretudo de prática e paciência para aperfeiçoar a técnica e perceber qual a quantidade de farinha necessária para que a massa dos gnocchi fique leve e fofa. Além da quantidade de farinha, é importante cozinhá-los em água bem quente, e fazê-lo pouco antes de servir, para assegurar que os gnocchi não secam demasiado e mantêm a sua leveza característica.

Ingredientes:

Bacalhau à Zé do Pipo (Porto)

bacalhau à Zé do Pipo

O bacalhau à Zé do Pipo é um prato típico da cozinha portuguesa, mais concretamente da culinária tradicional do Porto. O nome da receita, por muitos considerado o melhor prato de bacalhau, deve o seu nome ao seu autor – Zé do Pipo, dono de um restaurante tradicional do Porto. A receita foi criado na década de 60 e obteve o 1º lugar num concurso da época, denominado “A melhor refeição ao melhor preço”.

Para confecionar este famoso prato de peixe, são necessários três ingredientes indispenséveis: lombos de bacalhau de excelente qualidade, maionese caseira e puré de batata, também caseiro. Após cozedura, o bacalhau é gratinado com os restantes ingredientes.