Tag Archives: receitas tradicionais

Tortilha à Espanhola

tortilha à espanhola

Esta tortilha (conhecida em Espanha como tortilla de patatas) é, juntamente com a Paella,  um dos pratos mais emblemáticos da cozinha tradicional espanhola.
A receita, preparada com ingredientes muito acessíveis, próprios da economia de subsistência, é muito simples de confecionar, sendo também muito versátil. Dourada por fora e húmida por dentro, a tortilha pode ser consumida quente, fria ou morna, servida ao pequeno-almoço, ao lanche ou simplesmente como petisco. Pode ainda ser servida como prato principal se for acompanhada com uma salada.

A tortilha é feita unicamente com batatas, cebolas, ovos, azeite e sal. Foram, no entanto, desenvolvidas diversas variações regionais da receita tradicional: com e sem cebola, com pimento verde e vermelho, com presunto…

Arroz de Sarrabulho (Ponte de Lima)

arroz de sarrabulho

O Arroz de Sarrabulho é um prato da cozinha tradicional portuguesa, originário de Ponte de Lima, sendo um dos mais genuínos do Alto Minho. Confecionado com vários tipos de carne (porco, vaca e galinha), sangue de porco e diversas especiarias, acompanha com os rojões à moda do Minho, belouras, tripas enfarinhadas ou batatas alouradas.

Esta receita tradicional surgiu nos meados do século XIX pelas mãos da cozinheira Clara Penha. Em 2006, foi criada a confraria do Arroz de Sarrabulho à moda de Ponte de Lima, a fim de divulgar e realçar o valor gastronómico e histórico deste prato.

Escalopes à Moda de Viena (Áustria)

escalopes à moda de Viena

Wiener schnitzel é a designação tradicional deste prato de carne, um dos mais conceituados da gastronomia austríaca. No Brasil, é conhecido como Bife à Milanesa, sendo que, em português, de uma forma geral, é designado simplesmente “panado” ou “panadinho”.

Pensa-se que o prato tenha tido origem em Bizâncio, uma cidade da Grécia Antiga, tendo a receita sido levada para a Península Ibérica por comerciantes árabes durante a Idade Média e, posteriormente, para a Itália. No século XV, os habitantes de Veneza ostentavam a sua riqueza colocando grãos de ouro sobre a comida. No entanto, surgiu uma lei a proibi-lo e, a partir de então, o ouro passou a ser substituído pelo pão ralado, que se mantém até aos dias de hoje.

Polvo Guisado à moda de S. Miguel (Açores)

polvo guisado

Saiba como confecionar este prato tradicional da cozinha açoriana, um dos mais representativos da gastronomia do arquipélago, ocupando um lugar de destaque à mesa na ceia de Natal. O polvo guisado pode ser servida como prato principal, sendo acompanhada com batata ou arroz branco, ou como petisco.

Nos Açores, o polvo saboreia-se guisado ou estufado em vinho tinto ou de cheiro, e leva sempre malagueta. Também se serve polvo assado, sendo menos comum encontrar receitas de polvo cozido, variante pouco apreciada nas ilhas açorianas. A receita tem pequenas variações relativamente ao polvo guisado da ilha do Faial, sendo ambos muito apetitosos.

Salmão Fumado com Molho de Espinafres (Irlanda)

salmão fumado com molho de espinafres

A maior parte dos pratos típicos irlandeses são elaborados com alimentos simples, usando ingredientes básicos como as verduras, batatas, a carne e o peixe. O salmão e o bacalhau são dois tipos de peixes comummente usados na gastronomia local, sendo o salmão fumado muito tradicional na Irlanda.

Esta salada de salmão fumado, regado com o molho de espinafres é tradicionalmente servida no Natal. Veja como é simples de preparar…